“Vamos ser campeões de rebeldia?”, pergunta Geraldo em apelo por feriado em casa - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

09/06/2020

“Vamos ser campeões de rebeldia?”, pergunta Geraldo em apelo por feriado em casa

Secretário lembrou que Mato Grosso do Sul não sai das piores posições do Brasil no quesito taxa de isolamento

Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, durante a transmissão ao vivo desta terça-feira (9) (Foto: Reprodução)
O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, aproveitou a transmissão ao vivo para, mais uma vez, fazer campanha pelo isolamento social. Ele afirmou que para Mato Grosso do Sul continuar senda unidade da federação com menor número de casos e mortes, é preciso que a população fique em casa, a maior parte do tempo. O temor é que no feriado prolongado, mais pessoas decidam sair.

Geraldo lembrou que Mato Grosso do Sul não sai das piores posições do Brasil no quesito taxa de isolamento. “Por isso que estou pedindo aqui hoje, dá para chegar pelo menos 60% [da população em casa]. Esses 4 dias poderão evitar muitas e muitas mortes, daqui a 14 dias. Contribuam nestes próximos dias do feriado, fiquem em casa, usem máscara. Basta a colaboração de cada um que está nos assistindo. Ou vamos ser campões nacionais da rebeldia, de irresponsabilidade com a vida?” , afirmou.

O secretário lembrou que o Estado está em posição tranquila porque muitas das pessoas que contraíram o vírus são jovens e conseguem superar a covid-19 sem complicações. Hoje, dos 1.206 casos ativos, 65 estão internados, o que significa que 1.141 se recuperam em casa. Mas, alerta que o aumento na contaminação pode mudar esse cenário.

“Mas, eu sempre eu digo, nosso leito, por mais simples que seja, é muito melhor que um de UTI. O ambiente de UTI é muita hostil”.

No Estado, são até agora 2.455 casos confirmados de coronavírus e 22 mortes. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Anahi Zurutuza