Visando impedir perda salarial, deputado Felipe Orro vota contra aumento da alíquota da Previdência - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

21/05/2020

Visando impedir perda salarial, deputado Felipe Orro vota contra aumento da alíquota da Previdência

©DIVULGAÇÃO/ARQUIVO
O deputado estadual Felipe Orro (PSDB) manteve o posicionamento da 1ª votação e novamente votou contra o Projeto de Lei Complementar que eleva de 11% para 14% a alíquota de contribuição para a previdência estadual de servidores ativos, aposentados e pensionistas. Mesmo assim, a proposta do Executivo Estadual acabou aprovada nesta quinta-feira (21) com 16 votos favoráveis e 7 contrários.

Felipe Orro fundamentou seu posicionamento contrário tanto na constitucionalidade, quanto no mérito do projeto, embasado na crise econômica instaurada no país por conta da pandemia do Covid-19.

"Estamos vivendo um período turbulento. A pandemia do coronavírus gerou impactos negativos nas finanças de milhares de famílias. Entendo que este não é o momento adequado de discutirmos aumento de alíquota. Segui minha coerência e, após ser contra a constitucionalidade do Projeto, votei novamente contra o mérito da proposição", explicou o parlamentar.

Representantes dos servidores apontam que a elevação da alíquota da contribuição para a previdência estadual de 11% para 14% significará uma redução de cerca de R$ 250 a menos no salário dos servidores administrativos. Profissionais aposentados da saúde receberiam cerca de R$ 400 a menos e os ativos, teriam de R$ 100 a R$ 150 descontados.

"O Governo Federal sinaliza para o congelamento de salários. Semana passada votamos pela manutenção do abono salarial para os servidores estaduais. Respeito a decisão trabalhadores para que os mesmos não tenham perda salarial", finalizou Felipe Orro.

ASSECOM