PANDEMIA| Guia Lopes, Jardim, Bonito e Dourados estão em alerta para surto de coronavírus - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

19/05/2020

PANDEMIA| Guia Lopes, Jardim, Bonito e Dourados estão em alerta para surto de coronavírus

Secretaria de Saúde quer instalar cinco leitos de UTI em Jardim, mas a possibilidade ainda está em estudo

©DIVULGAÇÃO
A Secretaria de Estado de Saúde está reforçando o controle do novo coronavírus em Guia Lopes da Laguna, Jardim, Bonito e Dourados.

Guia Lopes da Laguna é a cidade com mais casos da doença por número de habitantes de Mato Grosso do Sul.

Segundo o secretário Geraldo Resende, infectologistas reforçam o monitoramento dos pacientes confirmados e a prefeitura local adotou medidas de isolamento mais radicais.

Ainda não foi necessário o ‘lockdown’, que é o fechamento de fronteiras e proibição de funcionamento de todas as atividades não essenciais, mas a possibilidade não é descartada.

Também não foi necessário criar um drive-thru para testagem na cidade, mas todos que tiveram contato com infectados foram colocados em quarentena.

O secretário de saúde reforça a importância do isolamento. “Cidades que adotaram postura e decisão mais firme de isolamento tiveram menos casos e menos mortes”.

Ainda na região sudoeste, Jardim e Bonito preocupam as autoridades de saúde. Resende gostaria de instalar cinco leitos de UTI em Jardim, mas a possibilidade ainda está em estudo.

Se leitos de UTI forem comprados ou alugados, o Governo Federal contribui com R$ 48 mil por mês e o governo estadual complementa os gastos.

Já em Dourados, a maior preocupação é com o surto da doença na indústria frigorífica e nas aldeias indígenas.

São mais de 20 casos na comunidade indígena, segundo Resende. Os doentes estão em isolamento social enquanto idosos e pessoas com comorbidades são retiradas das aldeias em medida preventiva.

No entanto, apesar do crescimento no número de casos, o secretário tenta se manter positivo. “A curva já baixou. Certamente se não tivéssemos tomando decisões em Mato Grosso do Sul, os números seriam muitos maiores e poderíamos ter o mesmo quadro que outras unidades de federação”, complementa.

Fonte: PORTO MURTINHO NOTÍCIAS
Por: Diana Christie