Estado atende Frente do Idoso e instituições de 49 municípios vão receber cestas de alimentos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

28/05/2020

Estado atende Frente do Idoso e instituições de 49 municípios vão receber cestas de alimentos

Distribuição de cestas de alimentos para instituições de longa permanência atende a uma reivindicação da Frente do Idoso, coordenada pelo deputado Renato Câmara ©DIVULGAÇÃO
Atendendo a uma solicitação da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, o Governo do Estado iniciou nesta semana a distribuição de cestas alimentares às instituições de longa permanência para idosos em Mato Grosso do Sul. No total, a medida vai beneficiar mais de 1.600 idosos acolhidos em casas assistenciais de 49 municípios do Estado.

As cestas de alimentos estão sendo destinadas para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia de coronavírus. "Entendemos essa necessidade. Por isso, estamos entregando um apoio importante de 805 cestas alimentares para essas casas que cuidam das pessoas idosas em 49 municípios de Mato Grosso do Sul", destacou o governador Reinaldo Azambuja. 1.606 idosos serão atendidos.

Coordenador-presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) destacou que a ação do governo do Estado representa um importante apoio às instituições de longa permanência que atuam no atendimento e acolhimento a pessoas idosas em MS.

“São casas mantidas através de convênios com o poder público e doações da sociedade civil. Com o agravamento da pandemia, às instituições passaram a enfrentar dificuldades para garantir o custeio de todas as despesas, já que houve uma redução considerável nas doações em virtude da crise financeira gerada pelo coronavírus. Diante deste cenário, a Frente Parlamentar fez essa solicitação ao governo do Estado e felizmente estamos sendo atendidos com a destinação dessas cestas de alimentos, que certamente vão ser importantes para garantir a qualidade no atendimento aos idosos acolhidos pelas instituições de longa permanência”, enalteceu o deputado.

"Estamos trabalhando para que essas cestas alimentares cheguem nas mesas das famílias que mais precisam. E vamos atender as instituições de longa permanência também em três etapas, o que sem dúvida será de grande apoio para todas elas", afirmou a titular da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Nobre.

Acompanharam a entrega das cestas básicas o secretário de Gestão Política do Governo do Estado em Campo Grande, Carlos Alberto de Assis; o representante da Frente Parlamentar da Pessoa Idosa, Sebastião Messias de Souza; a coordenadora da Sirpha Lar do Idoso, Maria Cristina Gomes de Oliveira; e o presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Clementino Ferreira Brites Filho.

Defesa de idosos

Grupo de trabalho da Casa de Leis para propor, discutir e acompanhar a execução de políticas públicas e privadas relacionadas à promoção e defesa dos direitos da pessoa idosa, a Frente Parlamentar é composta por nove deputados estaduais. Fazem parte do bloco os parlamentares Renato Câmara (coordenador). Coronel David, Eduardo Rocha, Herculano Borges, Jamilson Name, Lidio Lopes, Barbosinha, Marcio Fernandes e Professor Rinaldo. 

A frente também é constituída por instituições, órgãos e entidades. Atuam no grupo representantes do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Conselho Regional de Psicologia/MS, Conselho Regional de Odontologia de MS, Conselho Regional de Serviço Social de MS, Conselho Regional de Medicina de MS, CREF (Conselho Regional de Educação Física) da 11ª Região, AABB, Cassems, Casa de Aabraão, Fetems, Uniderp, UFMS, Unigran, Coordenadoria dos Direitos Pessoa Idosa de Campo Grande, União das Câmaras de Vereadores de MS, Secretaria de Estado de Educação, Defensoria Pública, Detran, Conselho Estadual de Direito de Defesa do Idoso, SEDHAST, UCDB, OAB (Ordem dos Advogados)/MS, Conselho Estadual de Direitos Humanos de MS, Associação dos Aposentados e Pensionistas de MS, Secretaria de Estado de Saúde, Fundação de Turismo MS, Fundação de Cultura de MS, COEGEMAS/Assomasul, Pastoral da Pessoa Idosa, Associação Dignidade e Vida, Conselho Municipal do Idoso de Campo Grande, Federação dos Aposentados e Pensionistas de MS, SUPAS/SEDHAST, Asilo São Joao Bosco, Sociedade de Integração e Reabilitação da Pessoa Humana e Fundesporte.

Por: Henrique de Matos