BATAGUASSU| Município vai ser base para as primeiras experiências de novo modelo de gestão do Ministério da Economia - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

03/02/2020

BATAGUASSU| Município vai ser base para as primeiras experiências de novo modelo de gestão do Ministério da Economia

©DIVULGAÇÃO
O município de Bataguassu vai ser base para as primeiras experiências de implantação do Modelo de Excelência em Gestão (MEG-Tr) em Mato Grosso do Sul, um conceito inovador no modelo de excelência e direção na economia das transferências da União que fortalece e traz eficiência às gestões.

O MEG-Tr, é formado por padrões de referência para a gestão organizacional constituídos pela integração e compilação de boas práticas de gestão, visando ao aprimoramento organizacional, ao aperfeiçoamento dos fluxos e práticas, à maximização dos níveis de eficiência e efetividade e ao aumento da capacidade de geração de valor.

Um encontro está sendo realizado nesta segunda-feira (03), no auditório da Assomasul, para apresentação do novo modelo de gestão. O evento é uma parceria do Ministério da Economia, Governo MS, Prefeitura de Campo Grande, Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul e movimento MS Competitivo. 

“Queremos efetivar as políticas e os serviços públicos essenciais para a população como: segurança, educação, saúde e infraestrutura. Torná-los mais eficaz para a ajudar na construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, revela Luis Carlos Morente, coordenador da Rede +Brasil no estado e também um dos organizadores do encontro.

Ele adianta que os painéis a serem apresentados no seminário terão a preleção do professor Esaú Mendes (Ministério da Economia) e do prefeito de Gaspar (SC), Kleber Wan Dall, cidade pioneira na implementação do MEG.

O objetivo é otimizar a integração e a gestão dos municípios, abordar a importância e a modernização da governança sobre diferentes perspectivas, assim como inovações nas transferências da União e a apresentação de um panorama estratégico para a captação de recursos.

Conforme o coordenador da Rede, o Ministério da Economia determinou a todos os entes públicos que dependem de repasses da União a estarem, obrigatoriamente, inclusos no MEG. O prazo para adesão dos municípios (com população acima de 50 mil habitantes) está marcado para o próximo mês de março e as primeiras experiências de implantação do modelo em MS serão realizadas em Campo Grande e Bataguassu.

Para mais informações, acesse o site da Plataforma Mais Brasil. 

Por: Cenário MS