Piracema tem explosão de multas, 32 prisões e 369 kg de pescado apreendidos - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

05/01/2020

Piracema tem explosão de multas, 32 prisões e 369 kg de pescado apreendidos

As multas tiveram aumento de 930%. Nesses últimos dois meses, o total foi R$ 45.352

Pescado apreendido em 26 de dezembro no município de Batayporã ©PMA
O balanço de dois meses da Piracema, divulgado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) neste domingo (dia 5), registra explosão de multas, além de aumento no número de presos e apreensão de pescado.

O período de defeso, destinado à proteção reprodutiva dos peixes, termina em 28 de fevereiro. As multas tiveram aumento de 930%. Nesses últimos dois meses, o total foi R$ 45.352,00. Na operação passada (2018-2019), foi de apenas R$ 4.400.

Conforme a PMA, o total de 32 prisões é quase o triplo do mesmo período da última operação. Já a apreensão de pescado aumentou 288% quando comparado ao mesmo período da fiscalização passada. Agora, são 369 quilos, enquanto que na última ação o total em dois meses chegou a 95 quilos.

A PMA destaca que a ordem do comando é encaminhar os autuados às delegacias para serem presos em flagrante. “Embora estes saiam após pagarem fiança. No entanto, isso serve para demonstrar ao autuado de que ele está cometendo um crime passível de cadeia. Além do mais, em caso de reincidência não há fiança”, informa o balanço divulgado pela PMA.

As pessoas autuadas e presas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção. A multa administrativa vai de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 por quilo do pescado irregular. Os flagrantes foram registrados em Aquidauana, Três Lagoas, Jardim, Guia Lopes, Ponta Porã, Coxim, Batayporã, Mundo Novo, Iguatemi, Aparecida do Taboado e Dourados.

Por: Aline dos Santos