ALCINÓPOLIS| Projeto Integração Lavoura Pecuária é implantado no Município com o plantio de soja - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

22/11/2019

ALCINÓPOLIS| Projeto Integração Lavoura Pecuária é implantado no Município com o plantio de soja

©DIVULGAÇÃO
Plantando o futuro. É assim que a Administração Municipal chamou o Projeto de Integração Lavoura e Pecuária na Fazenda Rodansechis, em Alcinópolis, onde iniciou nesta quinta-feira (21) o plantio de soja. A iniciativa da Prefeitura, em parceria com a Fundação Chapadão, é uma alternativa viável de produção para recuperação de áreas alteradas ou degradadas, trabalhando na recuperação de pastagem, além da possibilidade de se explorar o solo economicamente.

Para o prefeito Dalmy Crisóstomo da Silva, este projeto é mais um sonho realizado rumo ao progresso e desenvolvimento de Alcinópolis. “Esta é mais uma etapa de um trabalho que começou há mais de um ano graças à dedicação de nossa equipe e a parceria com o Legislativo Municipal, que analisou e aprovou por unanimidade o projeto”, disse.
©DIVULGAÇÃO
O secretário municipal de Planejamento, Administração e Finanças, Laeryk Rodrigues, considerou o projeto um divisor de águas que irá gerar no futuro mais emprego e renda. “As áreas anteriormente utilizadas exclusivamente pela pecuária começam a disputar espaço com as atividades agrícolas, como as culturas da soja, por exemplo”.

O diretor executivo da Fundação Chapadão, Fabiano Bender, apresentou o trabalho de apoio e pesquisa realizado pela equipe técnica, ressaltando que tudo é um processo que necessita ser construído ao longo do tempo. Na oportunidade, parabenizou a Administração Municipal pela iniciativa. “Vocês estão buscando algo diferente para transformar toda uma região e o nosso papel é orientá-los pelo caminho mais viável”, explicou.

Sobre o plantio - No local serão plantadas cinco variedades de soja em 1,5 hectares de terra dos 4,5 hectares que serão utilizados pelo projeto que, além do cultivo, trabalhará com estudo e pesquisa para o melhor resultado de adaptação e produção desses grãos também em outras áreas do nosso município.



Por: Nathalia Barbosa