Lei do deputado Capitão Contar: Patriotismo e civismo se tornaram realidade em escolas de MS - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

18/10/2019

Lei do deputado Capitão Contar: Patriotismo e civismo se tornaram realidade em escolas de MS

©DIVULGAÇÃO
O patriotismo e o civismo que antes eram vistos apenas quando tinha Copa do Mundo ou jogo da seleção brasileira vai se expandir para todos os dias. Agora esse sentimento será semeado no coração das crianças que estudam no ensino fundamental da rede estadual de MS. A Lei do deputado estadual, Capitão Contar (PSL), foi sancionada pelo Governo do Estado e publicada na edição desta quinta-feira (17) do DOE-MS (Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul). Ela entrou em vigor a partir da data da sua publicação. 

“As nossas bandeiras e hinos são símbolos que representam a nossa identidade, história e valores, que precisam ser novamente resgatados e consolidados. Em consonância com a legislação federal vigente, Mato Grosso do Sul poderá instituir ações de civismo, cidadania e patriotismo na educação básica pública, reavivando o sentimento de nacionalidade em nossas crianças. Quando éramos jovens, a gente ficava perfilado em tom de respeito e orgulho e entoava o hino nacional na escola. Esses costumes foram se perdendo a ponto de alguns brasileiros ainda não saberem cantar o hino ou os dizeres da nossa bandeira. Acredito que essa Lei vai contribuir na formação do caráter e dos valores dos nossos jovens. Ser patriota é uma qualidade muito cara e rara”, argumenta o deputado Capitão Contar.

De acordo com a redação do Projeto, a medida visa ações de resgate do civismo, da cidadania e do sentimento de nacionalidade, fundamentada nos seguintes princípios constitucionais: soberania nacional; cidadania; construção de uma sociedade livre, justa, fraterna e solidária; independência nacional.

Segundo o Capitão Contar, a Lei determina que o hasteamento das bandeiras e o canto dos hinos aconteçam, pelo menos, uma vez por semana durante o ano letivo. Também constam que estes momentos ocorram em dias festivos e em solenidades escolares. 

Conforme a Lei, está determinado também que o Governo do Estado poderá incluir no conteúdo programático o estudo de temas que desenvolvam noções de organização política de Mato Grosso do Sul, civismo, ética, moral e cidadania.

ASSECOM