Governo Presente: prefeito de Bodoquena pede ajuda a Reinaldo Azambuja para solucionar falta de drenagem - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

04/10/2019

Governo Presente: prefeito de Bodoquena pede ajuda a Reinaldo Azambuja para solucionar falta de drenagem

©DIVULGAÇÃO
O prefeito de Bodoquena, Kazuto Horii, solicitou investimentos em asfalto e drenagem e elogiou a iniciativa municipalista do governador Reinaldo Azambuja, que está recebendo lideranças de todos os municípios por meio do Governo Presente. Ele foi atendido nesta quinta-feira (3.10) em Aquidauana, onde está sendo realizada a terceira etapa do programa.

Kazuto explicou que Bodoquena tem poucas ruas asfaltadas e, por ser plana, sofre com problema de enchente todos os anos. “As demandas foram basicamente asfalto e drenagem. Normalmente, todos os municípios pedem isso, mas Bodoquena é um caso à parte. É uma cidade bem plana, então precisamos cuidar dessa questão da água. Temos problema de drenagem. E não temos quase nada de asfalto, então, nessa época de seca é muita poeira. E, quando começar a chover, o pessoal vai reclamar dos alagamentos. Tem casas que ficam com mais de 1 metro de água”.

Ele afirmou ainda ter aprovado o programa que leva governador e secretários para o interior para receber as demandas. “Acho isso muito interessante porque é o governo presente em cada município, querendo saber a demanda. É diferente de só o prefeito pedir para o governador. [Ele está] ouvindo não só a gente, mas os vereadores, que também representam o povo, ele vê a realidade. O governo está ouvindo a população para ver o que eles querem”, declarou. 

Mais de R$ 31 milhões foram investidos pelo Governo do Estado em Bodoquena nos últimos quatro anos e oito meses. Só para a área de saúde, a gestão de Reinaldo Azambuja repassou R$ 2,6 milhões no período – recursos aplicados em Farmácia Básica, Saúde da Família, Rede de Atenção Psicossocial e Vigilância Sanitária.

Por meio da Sanesul, R$ 263 mil garantiram equipamentos e melhorias nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Na área da infraestrutura, a cidade recebe R$ 22 milhões entre obras concluídas e em execução. Já foram feitas pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais na Rua José M. Ferreira e na Avenida João de Souza Pereira, além do acesso ao Loteamento Bandeira II.

O Governo do Estado ainda executa a reforma do prédio da Delegacia de Polícia Civil de Bodoquena; construção da ponte de concreto sobre o Rio Salobra, na área turística do município, que era de madeira e ruiu devido ao mau tempo; e faz a implantação e pavimentação da MS-339, conhecida como Serra das Três Cruzes. Na área da habitação, moradias entregues beneficiaram 100 famílias.

Participaram da audiência o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Correa; deputado federal Beto Pereira; deputados estaduais Felipe Orro e Herculano Borges; secretários Sérgio de Paula (Articulação Política), Eduardo Riedel (Segov), Jaime Verruck (Semagro), Maria Cecília Amendola da Mota (Educação) e Geraldo Resende (Saúde); secretários-adjuntos Flávio Cesar (Segov), C. Barbosa (Sejusp) e Luis Roberto (Seinfra); consultora legislativa Ana Carolina Ali; diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior; diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopes; e o assessor de planejamento da MSGÁS, Valter José Bortoletto.

A reunião contou ainda com as presenças do vice-prefeito, Geraldo Nunes Siqueira; presidente da Câmara Municipal, Mano Pereira; e dos vereadores Carlos Petronilio, Luciano Antônio de Oliveira, Licinha, Nelson de Paulo, Osmar Ajala da Costa, Professor Fernando e Garruncha, além dos secretários municipais Juliardison de Castro Couto (Administração) e Jair Beltramelo Ferracini (Obras).

ASSECOM