Governo Presente: Coronel Sapucaia quer desenvolver infraestrutura - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

24/10/2019

Governo Presente: Coronel Sapucaia quer desenvolver infraestrutura

©DIVULGAÇÃO
Projetos para desenvolver a infraestrutura de Coronel Sapucaia foram apresentados pelo prefeito Rudi Paetzold ao governador Reinaldo Azambuja nesta quinta-feira (24) durante reunião técnica do Governo Presente, que leva estrutura administrativa do Executivo Estadual para atendimento no interior. “Pedimos mais recapeamento, ponte e posto de saúde. Essas são nossas prioridades”, disse o prefeito.

Os dois se encontraram em Naviraí, no prédio da Coordenadoria Regional de Educação, onde são realizadas os atendimentos de prefeitos, vereadores e lideranças de 17 cidades das regiões Conesul e Sul-Fronteira. “Nossa reunião positiva e proveitosa. O governador já vem nos atendendo. O que prometeu foi feito e foi além. Pedimos R$ 1 milhão de recapeamento e ele nos deu R$ 1,3 milhão”, revelou.

A restauração pavimento citada pelo prefeito está em execução, como 91% de conclusão. A obra ainda contempla sistema de drenagem de água das chuvas em diversas vias. Entre elas: avenidas Amador Flores Sobrinho e Flávio Augusto Coelho Derzi; e ruas Amâncio José da Silva, Baltazar Saldanha, Batista Terra, João Ponce de Arruda, José Guiomar, José Horizonte Espíndola, Mario Gonçalves e Rachid Saldanha Derzi.

Governo Presente

Reinaldo Azambuja vem desde setembro percorrendo os municípios de Mato Grosso do Sul com o programa Governo Presente. O “objetivo é fazer um raio-x das demandas municipais e criar um planejamento de investimentos para os próximos três anos”. “Vamos atender executivos e legislativos dos municípios, independente de coligação e cor partidária”, falou o governador na abertura dos atendimentos, nesta quinta-feira.

Na audiência com representantes de Coronel Sapucaia também estiveram presentes o vice-prefeito Lauri Turatto e o presidente da Câmara, vereador Roberto Pereira de Oliveira, também conhecido como Robertinho, acompanhado dos demais parlamentares. Além deles, o secretário de Infraestrutura de Coronel Sapucaia, Aldacir Cardinal, marcou presença acompanhando o prefeito Rudi Paetzold.

Pelo Estado estiveram presentes os secretários Sérgio de Paula (Articulação), Eduardo Riedel (Governo), Maria Cecilia (Educação), Geraldo Resende (Saúde) e Pedro Chaves (Estratégia); os adjuntos C. Barbosa (Segurança) e Luis Roberto (Infraestrutura); e os e os presidentes das empresas públicas Sanesul, Walter Carneiro Júnior; Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez; e MSGás, Rudel Trindade.

Ainda na sala de reuniões estiveram a diretora-presidente da Fundação de Cultura do Estado (FCMS), Mara Caseiro, e o superintendente da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Rogério Beretta. Representando a Assembleia Legislativa participaram os deputados estaduais Paulo Corrêa (presidente) e Onevan de Matos.

Investimentos

Em Coronel Sapucaia, os investimentos do Governo do Estado desde o primeiro ano de mandato de Reinaldo Azambuja chegam a R$ 46,744 milhões. Só da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), são R$ 30,558 milhões entre obras executadas e em andamento. São serviços de restauração de pavimento asfáltico e drenagem de águas pluviais, recuperação de estradas vicinais e construção de pontes de concreto. Já a Empresa de Saneamento do Estado (Sanesul), viabilizou R$ 8,445 milhões para projetos que visam a universalização no abastecimento de água e rede de esgoto para a população do município. Das 78 moradias programas, 71 já foram entregues e a Agência de Habitação Popular do Estado (Agehab) aplica recursos da ordem de R$ 1,22 milhão para viabilizar moradia digna às famílias de baixa renda de Coronel Sapucaia. A administração estadual também vem investindo na melhoria do sistema público de saúde em Sapucaia. Desde 2015 os repasses para essa área chegam a R$ 2,877 milhões. E na educação, além da entrega de kits de material escolar e uniformes, estão sendo investidos recursos na reforma de escolas, alimentação e transporte escolar.

ASSECOM