Conheça o castramóvel, que o Deputado Márcio Fernandes começa a destinar aos municípios de MS - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

06/09/2019

Conheça o castramóvel, que o Deputado Márcio Fernandes começa a destinar aos municípios de MS

Deputado Márcio Fernandes começa a destinar ônibus de castração aos municípios de MS

Modelo de castramóvel já utilizado em Curitiba ©Luiz Costa/SMCS
O deputado estadual Marcio Fernandes anunciou que irá entregar castramóveis em diversas cidades de Mato Grosso do Sul, uma notícia que foi muito comemorada por defensores da causa animal, profissionais da saúde e tutores, mas boa parte da população ainda não sabe o que é e como funciona um castramóvel.

A unidade itinerante de castração, ou Castramóvel, pode ser um ônibus, um trailer ou uma van que percorre principalmente os bairros carentes de uma cidade levando o serviço de castração de cães e gatos gratuitamente. É praticamente uma clínica veterinária móvel, toda equipada e com profissionais para a realização das pequenas cirurgias.

Um levantamento feito em Campo Grande mostrou que os valores da castração podem chegar até R$ 400,00, um valor alto para pessoas que dependem de um salário mínimo ou aposentados, ainda mais considerando a possibilidade de essas pessoas terem vários animais em casa, o que multiplicaria esse valor.

Uma das primeiras ações do Deputado Marcio Fernandes pela castração gratuita a todos foi enviar recursos para os Centros de Controle de Zoonoses (CCZ), como aconteceu em Campo Grande e Ponta Porã, por exemplo. Entretanto, foi verificado que muitas pessoas tinham dificuldade de levar seus animais. “Quem mais precisava não podia levar os animais dentro de ônibus ou de bicicleta, e também haviam pessoas que decidiram recolher e cuidar de animais abandonados e não tinham como levar todos eles, então percebemos que a melhor solução seria levar o serviço até as pessoas”, declarou o deputado.

Marcio Fernandes é Médico Veterinário e foi pioneiro na atuação pela causa animal em Mato Grosso do Sul. “Hoje é um assunto popular, vários parlamentares já entenderam a necessidade de atuar pela causa, mas no início sofremos muitas críticas, questionavam 'com tantas filas nos hospitais e ou com problemas de segurança, qual o sentido de cuidar de animais com recursos públicos?’ e até hoje a gente tem que explicar que a saúde animal é assunto de saúde pública, que é importante”, relata Fernandes.

Segundo o deputado, existem vários fatores positivos na castração de cães e gatos. A falta de controle faz com que animais tenham filhotes nas ruas. E mesmo os animais que têm um lar, seus tutores acabam não tendo condições de cuidar desses filhotes, e eles vão parar nas ruas. Abandonados, eles não são vacinados, ficando vulneráveis às diversas doenças. Eles podem transmitir essas enfermidades, podendo até desencadear uma epidemia. Além disso, podem atacar a população na rua e até causar acidentes de trânsito, como foi o caso de uma motociclista que morreu em Ponta Porã em abril de 2018 após desviar de um cachorro na rua e cair.

Todos esses cuidados representam uma importante etapa na saúde pública. Doenças e traumas acabam lotando os serviços de saúde, e investir na prevenção é muito mais barato que o tratamento, além de evitar o sofrimento de seus donos e principalmente dos animais.

Até o momento, Marcio Fernandes já anunciou que vai destinar o castramóvel aos municípios de Aparecida do Taboado, Aquidauana, Brasilândia, Campo Grande, Sonora, Maracaju e Terenos, mas a meta, segundo o deputado, é levar ao maior número possível de cidades.

“Existem cidades que a prioridade é a reforma de uma escola, outros precisam mais de um ônibus escolar, então não vou destinar o castramóvel a todas as cidades de uma vez. Vamos analisar a realidade de um por um, o que precisam e assim definimos um cronograma de atendimento”, explicou Marcio Fernandes.

Por: Fernando Hassessian