Professores aderem à paralisação nacional e escolas ficarão sem aula nesta terça-feira (13) - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

13/08/2019

Professores aderem à paralisação nacional e escolas ficarão sem aula nesta terça-feira (13)

Os docentes da UFMS também confirmaram que irão paralisar atividades

©Marcos Ermínio/Ilustração
Uma paralisação nacional em vários setores deverá acontecer no país nesta terça-feira (13) e, em Mato Grosso do Sul, servidores da educação deverão interromper o expediente para protestar contra os cortes no ensino. Escolas municipais e estaduais deverão ficar sem aula.

Conforme o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação de Campo Grande), Lucílio Nobre, disse que nesta terça-feira haverá um ato nas ruas pela manhã, passeata nas ruas e concentração. “Não vai ter aula, quase 100% das escolas [municipais] vão aderir”, disse a reportagem.

Já o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, disse que o movimento entre os professores da rede estadual deverá acontecer em atos regionais, como em Dourados, Ponta Porã, Corumbá, etc.

“Haverá paralisação das aulas, mas ainda não é possível dar uma porcentagem de quantas escolas deverão parar”, disse Jaime, completando que a paralisação acontece devido aos mais de R$ 1,3 bilhões que serão retirados da educação pelo Governo Federal com a reforma da previdência.

UFMS e UEMS também terão paralisação

Acadêmicos, professores e servidores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), também vão participar da paralisação nacional. A concentração será a partir das 9h na Praça Ari Coelho, com carros de som, faixas e cartazes.

De acordo com o coordenador geral do SISTA-MS (Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Fundação UFMS) Waldevino Basílio, o Governo vem arrochando a situação das universidades, cortando verbas e diminuindo os cursos oferecidos e diminuindo as chances das instituições oferecerem um ensino de qualidade.

A ADUFMS (Associação dos Docentes da UFMS), teve uma audiência nesta segunda-feira (12) ficou definido a paralisação para a terça-feira.

Fonte: Midiamax
Por: Mariane Chianezi