Deputado Contar demanda a secretário de Administração soluções sobre Concurso dos Bombeiros e da PM - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

11/08/2019

Deputado Contar demanda a secretário de Administração soluções sobre Concurso dos Bombeiros e da PM

©DIVULGAÇÃO
Preocupado com a situação de centenas de pessoas que aguardam os resultados dos Concursos Públicos do Corpo de Bombeiros e da PM (Polícia Militar), o deputado estadual, Capitão Contar (PSL), solicitou do Secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, transparência em relação à divulgação do andamento dos certames. 

A reunião foi realizada na sexta-feira (09), na sede da Secretaria de Administração, onde o parlamentar Contar apresentou ao secretário Hashioka um requerimento com dezenas de pedidos das pessoas que pedem providências sobre a análise dos recursos e a data prevista para o Curso de Formação. 

Os editais dos concursos da PM e do BM (Bombeiro Militar) foram abertos em junho ano passado, mas teve o TAF (Teste de Aptidão Física) realizado apenas neste ano, no mês de maio, quase um ano depois.

“O que os candidatos querem é que sejam esclarecidas as discrepâncias entre os certames da Polícia Militar e dos Bombeiros, pois recebemos relatos que para um mesmo TAF foi dado por ‘Apto’ e para o outro, por ‘Inapto’. Além disso, as pessoas que acionaram a FAPEMS (Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso de Sul), questionando os resultados, não obtiveram nenhuma resposta até agora. Por isso, demandei ao secretário de Administração que providências a respeito dessa situação e que elas sejam sanadas”, disse o parlamentar. 

O número de reclamantes que entraram em contato com o deputado estadual Capitão Contar, para este caso, é razoavelmente considerável, totalizando 22 candidatos militares e 55 candidatos civis e dependentes de militares. 

Durante a reunião, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização destacou que está aguardando a finalização da análise dos recursos, pela FAPEMS, banca organizadora dos concursos, e que logo após divulgação do resultado definitivo do TAF, será marcada a data de início do Curso de Formação. 

O requerimento elaborado pelo parlamentar contém diversas denúncias sobre informações desencontradas. O documento foi lido e apresentado na ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), na última sessão parlamentar desta semana. 

ASSECOM