Secretário assina convênio de R$1,7 milhão e cumpre promessa com Hospital do Trauma - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

12/07/2019

Secretário assina convênio de R$1,7 milhão e cumpre promessa com Hospital do Trauma

©DIVULGAÇÃO
Cumprindo o compromisso do Governo do Estado, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, assina nessa sexta-feira (12.07) um convênio com a Santa Casa que irá repassar ao Hospital do Trauma o valor mensal de R$ 1,750 milhão. Assim, o governador Reinaldo Azambuja cumpre com a promessa de investimento para custeio do hospital, conforme pactuado na entrega da unidade. Com o convênio, haverá a ampliação da oferta de serviços em alta e média complexidade.

“Com a assinatura desse termo, chega ao fim o imbróglio do Hospital do Trauma no que diz respeito ao Governo do Estado. Estamos cumprindo a promessa e logo que o Ministério da Saúde, por meio de uma portaria, definiu o repasse mensal de R$ 1,1 milhão, nós imediatamente vamos cumprir com a nossa parte, como havíamos prometido e vamos repassar R$ 1,750 milhão”, disse o secretário.

O termo aditivo prevê a ampliação na oferta ambulatorial e de consultas em especialidades, sobretudo a ortopedia. Além disso, é possível ampliar o número de pequenas cirurgias, exames de tomografia e ultrassonografia e exames diagnósticos em oncologia e cardiologia. O repasse também irá viabilizar as ofertas de cirurgias eletivas em várias especialidades.

A Unidade de Trauma, um hospital específico para atendimento de politraumatizados, construído em anexo à Santa Casa de Campo Grande, atende pacientes de média e alta complexidade, especialmente em ortopedia, ajudando a desafogar o sistema de saúde na Capital.

Hoje, conforme a Secretaria de Saúde de Campo Grande (Sesau), os atendimentos no Hospital do Trauma estão acontecendo de forma parcial. O valor pactuado com o Ministério da Saúde foi de R$ 1,1 milhão.

O Governo do Estado havia se comprometido a repassar R$ 2 milhões ao Hospital do Trauma. No entanto, a Santa Casa solicitou que desse valor fossem retirados R$ 250 mil que seriam destinados a alta complexidade, já que a unidade não conseguiria aumentar a oferta de serviços de forma repentina. Por isso, o Estado vai repassar, por enquanto, R$ 1,750 milhão.

Hospital do Trauma

Obra emblemática, que por mais de 20 anos permaneceu paralisada, foi entregue em 2018, pelo governador Reinaldo Azambuja.

Consolidar a ampliação de leitos para politraumatizados sempre foi um dos principais objetivos com a conclusão da obra da Unidade de Trauma. Na Santa Casa, hospital referência no Estado, cerca de 60% dos pacientes são vítimas de politraumatismo, sendo a maioria de motociclistas, segundo o presidente da Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG), que administra a Santa Casa, Ezacheu Nascimento.

“Só com esse dado é possível imaginar a importância de retirar de dentro da Santa Casa esse volume de pacientes e colocá-los nessa unidade especial, com pessoas treinadas para cuidar dos traumatizados e assim poder atender na Santa Casa apenas outros tipos de pacientes”, ressalta.

Para o secretário de Saúde a entrega da unidade reafirma o compromisso do governador Reinaldo Azambuja em investir na saúde e concluir obras inacabadas.

Por: Luciana Brazil, Secretaria de Estado de Saúde (SES).