ALMS| Com plenário lotado, deputado Cabo Almi homenageia lideranças comunitárias da Capital e do interior - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

03/05/2019

ALMS| Com plenário lotado, deputado Cabo Almi homenageia lideranças comunitárias da Capital e do interior

Heróis anônimos, líderes comunitários recebem homenagem na ALMS

Evento foi proposto pelo deputado Cabo Almi e homenageou 40 líderes comunitários
Da limpeza da praça do bairro ao imposto que aumentou ou do acesso à moradia digna até a necessidade de novos postes, toda luta é importante para os líderes comunitários, citados como heróis anônimos durante a sessão solene na noite desta sexta-feira (3), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O evento foi proposto pelo deputado Cabo Almi (PT), que discursou em agradecimento aos relevantes serviços prestados.
Sessão lotou o Plenário Júlio Maia 
“Sem a participação de vocês nenhuma reivindicação é completa. Reconheço a importância de suas lutas na construção de políticas públicas, pois vocês são o elo entre a comunidade e os representantes do povo. Merecem ser respeitados por todos nós e esta solenidade é para elevar a autoestima de vocês, que muitas vezes são os primeiros a serem cobrados pela população e nem sempre tem sequer um passe de ônibus para vir aqui pedir pela coletividade. A vocês todo nosso reconhecimento”, destacou Almi.

A solenidade ocorreu em alusão ao Dia do Líder Comunitário, disposto pela Lei 4.104/2011, de autoria de Cabo Almi, quem também é propositor do Projeto de Resolução que criou a Medalha Comenda Francisco Vilson Vilharva Barros, entregue nesta noite a 40 homenageados.

A presidente da Associação Comunitária Manoel de Barros, Catiuce Souza, falou em nome dos agraciados pela Comenda. “Estamos muito felizes com essa homenagem. Um líder tem sempre que visar a comunidade e a união. Não se lidera sozinho. Nem todas as portas estarão abertas. Lutamos por direitos humanos, por dignidade. É importante ser reconhecido, isso dá um novo fôlego para luta, pois não é fácil, mas é preciso”, ressaltou a líder.

À Agência de Notícias da ALMS, Catiuce contou que representa cerca de 1400 moradores da ocupação nos terrenos abandonados pela empreiteira Homex, na região Sul de Campo Grande. “Não temos água encanada, nem luz elétrica de forma segura. Não passam caminhões de lixo e nem linha de ônibus. Os adultos fizeram abaixo assinado para poder estudar à noite, mas também não conseguimos. Queremos moradia digna, mas precisamos do básico para sobreviver”, ponderou.
Líder confirmou a luta por moradia digna
O líder comunitário José Geraldo Balejo Jara também discursou. “O líder comunitário que está de portas abertas todos os dias na sua casa para receber e respeitar as pessoas que vivem na sua comunidade. Hoje é uma valorização dessa atuação, que é quase uma vocação, pois a qualidade do vencedor é nunca desistir”, afirmou o homenageado.

Quem também confirmou a luta dos líderes comunitários foi o vereador Carlão (PSB). “Comecei como líder da favela do corredor do Nova Lima e já fui presidente das associações de moradores. Fico emocionado em receber homenagem como esta, porque o líder é o primeiro a ser chamado. Eles dedicam sua vida, como um que foi morto ao tentar salvar uma mulher de violência doméstica. Ambos morreram. Há 30 anos estou envolvido com a luta comunitária e sei da importância”, considerou.

Também prestigiaram a sessão solene os deputados estaduais Capitão Contar (PSL) e João Henrique (PR). “Nós deputados também somos líderes comunitários que têm mandato entregue pela confiança de vocês, para lutar pelas mazelas dos bairros. Os problemas aumentaram e a forma do Poder Público de lidar com eles não melhorou. Estamos aqui graças a quem acreditou em nosso trabalho e por isso eu digo para que acreditem em vocês. As dificuldades existem e não deixem que menosprezem o seu potencial. Não existe poder maior do que o que emana do povo”, finalizou o deputado João Henrique.
©DIVULGAÇÃO/ALMS
Além dos já citados, ainda foram homenageados: Adma Cândida da Silva dos Santos, Antônio de Jesus Charupa Mâncio, Carlos Augusto Borges, Celso Oliveiro, Domitilha Ribeiro da Silva, Edvania Sales, Gilberto Gonçalves Ferreira, Gilson Sebastião Ferreira Queiroz, Irwing Ferreira, José Francisco Neto, José Nilo Ribeiro, José Pereira de Carvalho, Levi Batista, Luciana Feitosa, Maria Luiza Ferreira, Maria Noemi Ferreira, Nadir Franco, Neuza Socorro da Silva, Rosane Nely de Lima, Vanderlei Roberto Souza Rossati, Randernelly da Costa Silva, José Nunes de Souza, José Gondim dos Santos, Helder Lacerda Oliveira, Narci Dias Garcia da Silva, Wilson Antônio da Silva, Marilene Jarcem dos Santos, Alex Lourenço da Silva, Emerson da Silva dos Santos, Ivanildo Soares da Silva, Samir da Conceição Espíndola, Nilson Amêndola e Delmira Rojas Yonima.

Por: Fernanda Kintschner