ALMS sediará evento sobre presença de psicólogos e assistentes sociais em escolas - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

02/04/2019

ALMS sediará evento sobre presença de psicólogos e assistentes sociais em escolas

Deputado Marçal Filho presidiu a reunião e será o proponente da audiência pública

©DIVULGAÇÃO/ALMS
Após reunião entre coordenadores dos cursos de Psicologia e Serviço Social das universidades do Estado, representantes do Governo Estadual e de conselhos profissionais, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) sediará audiência pública para debater a presença de psicólogos e assistentes sociais nas escolas. Na reunião realizada nesta terça-feira (2), na presidência da Casa de Leis, foram sugeridos tópicos a serem debatidos.

Entre os temas levantados estão a formação profissional de psicologia e assistência social; apoio multiprofissional para atendimento das demandas; a precarização das áreas da educação, da saúde e da economia no Brasil; trabalho integrado entre os poderes; necessidade de implantação de políticas públicas; processos socioeducativos; problemas psicológicos de alunos e professores; cultura de violência e de morte; e ações preventivas.

“Qual a medida prática teremos com uma audiência pública? Precisamos organizar para que os segmentos tragam medidas práticas, para que os poderes entendam e promovam a inserção desses profissionais nas escolas. Já tem debate caminhando sobre isso, mas é importante retomar essa discussão”, ressaltou a professora do curso de Serviço Social da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp), Selma Rocha dos Santos Moura.

Para a Gestora do Núcleo de Psicologia Educacional (SED), Paola Nogueira Lopes, é necessário ampliar o diálogo com os alunos para enfrentar os desafios que os problemas psicológicos impõem a estudantes e professores. “Um dos nossos papéis é fomentar a rede de atendimento, a escola precisa desse apoio. Precisamos criar espaço para escuta empática aos estudantes. Já começamos roda de conversa com profissionais da educação. Temos saídas e caminhos para não cair no medo coletivo. Os estudantes e família às vezes não sabem o caminho, precisamos direcioná-los”, explicou.

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente, deputado Marçal Filho (PSDB), presidiu a reunião e será o proponente da audiência pública intitulada “A presença de psicólogos e assistentes sociais em escolas” prevista para o dia 8 de maio, às 19 horas. “Temos limitações enquanto legisladores, mas precisamos de mobilizações para sensibilizar quem pode fazer isso. Não podemos ficar de braços cruzados”, afirmou o parlamentar.

Por: Evellyn Abelha