Audiência vai debater situação de barragens em MS na segunda-feira - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

10/03/2019

Audiência vai debater situação de barragens em MS na segunda-feira

Em MS, há duas barragens em funcionamento, sendo uma delas da Vale, empresa envolvida no rompimento em Brumadinho (MG)

Presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa (PSDB), conduz sessão inaugural no começo de fevereiro deste ano. Ao lado esquerdo da foto, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Marina Pacheco/Arquivo).

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul vai discutir, em uma audiência pública na segunda-feira (dia 10), as condições das barragens de mineração instaladas no Estado. O encontro está marcado para 9 horas no Plenário Júlio Maia, na Casa de Leis, em Campo Grande.

Integrantes do governo, como o secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familia), Jaime Verruck, participarão da audiência.

Da Vale, há a barragem do Gregório, na morraria Santa Cruz e a segunda, a barragem Sul da Mina Laís da Vetorial, na morraria do Urucum. Foi uma barragem da Vale que se rompeu em janeiro, em Brumadinho (MG), e causou a morte de pelo menos 300 pessoas.

Na ocasião, resolução da ANM (Agência Nacional de Mineração) determinou que as barragens "a montante" em funcionamento encerrem as atividades até 2023.

A Vale explora minério de ferro e manganês com a barragem Gregório, no morro de Santa Cruz, e a Vetorial trabalha apenas com ferro e concentra o trabalho na barragem Sul da Mina Laís, na morraria de Urucum.

Essas duas barragens maiores são consideradas de risco médio e baixo, respectivamente. Apenas duas pequenas barragens da região são consideradas de alto risco, mas considerando que a grande maioria das atividades mineradoras está concentrada em Corumbá (MS), o que deve ser levado em conta é o DPA (Dano Potencial Associado).


Fonte: campograndenews
Por: Mayara Bueno