Com 43 mil indicações, vereadores enfatizam trabalho diário para população - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

04/02/2019

Com 43 mil indicações, vereadores enfatizam trabalho diário para população

©Izaias Medeiros
Vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande iniciaram nesta segunda-feira (5) os trabalhos legislativos de 2019, com balanço do trabalho e as metas em aperfeiçoar as ações, projetos e fiscalizações para atender aos campo-grandenses. O vereador Prof. João Rocha, presidente da Casa de Leis, enfatizou as 43 mil indicações apresentadas ao longo de 2018, muitas delas atendidas, além de falar do foco na atitude, em resultados concretos, e não apenas discursos ou falácias. O prefeito Marquinhos Trad também apresentou dados na sessão solene, mostrando as mudanças e melhorias na Capital, resultado das ações feitas em harmonia entre Legislativo e Executivo. 

No ano passado, foram 120 sessões, 34 audiências públicas, 43 mil indicações apresentadas por meio de caminhadas nos bairros, aplicativos ou atendimento aos cidadãos na Casa. “O trabalho não se resume a terça e quinta. A maioria das indicações, se não foi resolvida pelo Executivo, tivemos resposta em forma de justificativa ou por soluções”, afirmou o presidente da Casa. Ainda, ao longo do ano, 668 projetos tramitaram, de origem do Executivo ou de proposição dos vereadores. 

O vereador Prof. João Rocha disse que os números representam o trabalho dos vereadores e suas equipes. “Estamos fazendo entregas de forma concreta, sem discurso. O povo espera atitude da nova política”, disse. Ele classificou ainda os vereadores como “servidores da população, sem horário de trabalho”. 

A harmonia entre Câmara e Executivo também foi enfatizada como essencial para continuidade dos trabalhos. “Se é bom para cidade, não há partido, nem base aliada, nem oposição. Trabalhamos em harmonia. O maior desafio esse ano continua sendo manter o entendimento porque são muitas situações, divergências de pensamento, mas o principal é a unidade pela cidade”, disse o vereador.

Na sessão, o prefeito Marquinhos Trad ressaltou as mudanças que ocorreram em Campo Grande nos últimos dois anos, deixando a disposição dos vereadores o detalhamento dos números destacados em sua fala em documento de 461 laudas. “Campo Grande mudou, vai continuar mudando e quem o diz não é apenas o gestor, mas órgãos de controle, institutos de pesquisa que apontam avanços em todas as áreas”, afirmou. 

Ele mencionou, por exemplo, pesquisa da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, sobre qualidade de vida nas cidades, em que Campo Grande obteve 4° melhor lugar dentre os 5.570 municípios para viver e morar, além do avanço no índice da transparência, conforme ranking de avaliação do Ministério Público Federal. 

Destacou ainda as melhorias que foram obtidas com apoio da Câmara, a exemplo do fim da tarifa mínima de água aos consumidores e do novo turno de atendimento nos postos de saúde, projeto que começa a ser colocado em prática neste ano. “Campo Grande não se envergonhou do nosso trabalho nos últimos dois anos. Tivemos discussões em alto nível; estamos de mãos dadas, independente de derrubada e manutenção de vetos, pois o que interessa é o bem estar dos que aqui moram”, disse o prefeito. 

Durante a sessão solene, Trad anunciou que o vereador Chiquinho Telles continuará exercendo sua liderança na Casa. 

Mais resultados 

O diálogo do Legislativo Municipal com Executivo Estadual também rendeu benefícios a Campo Grande, resultados esses destacados pelo secretário especial Carlos Alberto Assis, chefe de gabinete do governador Reinaldo Azambuja. “Esse diálogo tem feito com que avanços aconteçam”. 

Na saúde, por exemplo, mais de R$ 230 milhões foram aplicados. Na Caravana da Saúde, foram 200 mil procedimentos, 22 mil cirurgias e mais de 100 mil atendimentos em Campo Grande. Ainda, houve a reestruturação de hospitais. Há a meta ainda de implementar mais um hospital voltado ao atendimento de crianças. Na infraestrutura, foram investidos mais de R$ 350 milhões, a exemplo do recapeamento da Euler de Azevedo, pavimentação de bairros, como Aero Rancho, Nova Lima, polos empresariais, além das rotatórias da Avenida Mato Grosso e Avenida Interlagos. Parceria para Reviva Centro e revitalização da Ernesto Geisel, projetos bastante esperados, também constam no balanço.

Ainda, no esporte, começou a reforma do Guanandizão, com meta de concluir a obra de R$ 2 milhões até novembro, além de parceria para eventos e finalização do polo esportivo da Vila Almeida. 

Metas

O presidente da Câmara falou ainda da necessidade de fazer revisão da Lei Orgânica, que é a constituição municipal, revisão do Regimento Interno da Casa. Também há o desafio de consolidar vários códigos e checar o que esta em vigor ou foi revogado, facilitando o trabalho técnico ao consultar, por exemplo, códigos tributários, sanitários, etc. 

Na abertura dos trabalhos, os líderes de bancada falaram das expectativas para 2019. O vereador Delegado Wellington também destacou a parceria com o Governo do Estado com olhar para Campo Grande, levando resultados à sociedade. Falou ainda do trânsito, da segurança, da Polícia Municipal que tem ampliado a atuação no combate à criminalidade. “Todas as secretarias com a Câmara tem trabalhado em harmonia”, disse. 

A vereadora Dharleng Campos disse que a meta é dedicar-se ainda mais, pois as necessidades são grandes. “Estamos trabalhando para legislar sempre a favor do que for benefício para nossa população, que merece nosso respeito”, disse. 

O vereador Carlão agradeceu a prefeitura pelas reivindicações atendidas e enfatizou a necessidade de dar condições para promover medidas para diminuir problemas e sofrimento dos moradores. Já o vereador Odilon de Oliveira disse que os vereadores ajudaram a guiar Campo Grande, com o prefeito, para melhorias à população e falou da luta principalmente para garantir mais ações na área da saúde. 

O vereador Dr. Wilson Sami pediu que nesse ano de trabalho o progresso seja objetivo comum e trabalho do Executivo e Legislativo seja unido pelo bem estar da população. Já Gilmar da Cruz destacou a importância de unir forças pela Cidade Morena e lembrou o que aconteceu na legislatura anterior, quando essa parceria não ocorreu. 

O vereador Fritz, falou da coragem do prefeito para enfrentar demandas emblemáticas em todas as pastas. Já o vereador Jeremias Flores destacou que os poderes são independentes, mas o bom relacionamento ajuda a obter resultados. 

O vereador Ayrton Araujo enfatizou que Campo Grande está ganhando com as indicações de melhoria saindo da Câmara para Executivo. Já o vereador Otavio Trad parabenizou a Mesa Diretora pela transparência nos atos e a comissão representativa do recesso, que manteve reuniões e atendimento às demandas da população. 


ASSECOM