TRÊS LAGOAS| Saúde do município volta a ser destaque nacional no atendimento à população - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

13/12/2018

TRÊS LAGOAS| Saúde do município volta a ser destaque nacional no atendimento à população

Desta vez, foi destaque de 6º lugar entre 147 Municípios de 16 Estados da Federação, nas consultas de pré-natal

©Ilustração da EPNP
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas voltou a ser destaque nacional, junto ao Ministério da Saúde, por meio de avaliação de monitoramento dos procedimentos da atenção em programas do Pré-Natal, no que é relacionado à recente criada Estratégia Pré-Natal do Parceiro (EPNP), na rede pública.

No monitoramento do Ministério da Saúde, por meio dos dados fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o município de Três Lagoas, no período de outubro de 2017 a setembro de 2018, realizou 203 consultas de Pré-Natal do Parceiro, como estabelece a EPNP.

No período de 12 meses do lançamento dessa estratégia de Saúde, como estabeleceu a Portaria nº 1.474, de 08 de setembro de 2017, do Ministério da Saúde, foram realizadas 4.550 consultas de Pré-Natal do Parceiro em todo o Brasil.

Esse total se refere a 147 Municípios de 16 Estados da União que aderiram ao Pré-Natal do Parceiro, entre eles o Estado de Mato Grosso do Sul, que teve a participação de adesão de 23 dos 79 municípios.

No ranking dos municípios de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas ocupa o primeiro lugar no ranking de consultas e o 6º lugar no ranking nacional de consultas de Pré-Natal do Parceiro.

“Ressalvadas as dimensões territoriais e populacionais, perdemos apenas de cidades como São Paulo e cidades do estado do Rio Grande do Sul”, como destacou a assessora de Saúde da Família, enfermeira Fabiana Cardoso da Silva.

“Esse destaque enaltece a dedicação e qualidade dos serviços das nossas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde (EACS)”, comentou a secretária de Saúde Angelina Zuque.

Como frisou Angelina Zuque, “a qualidade do atendimento que as nossas equipes de profissionais prestam à população, nas Unidades de Atenção Básica, a começar pela gestante e seu parceiro, bases iniciais da família, certamente irá refletir na melhoria da qualidade de vida das próximas gerações”.

ASSECOM