TRE entregará diplomas a 40 eleitos; mais votados discursarão em evento - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

14/12/2018

TRE entregará diplomas a 40 eleitos; mais votados discursarão em evento

Solenidade é realizada no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo; presidente do tribunal fará exposição sobre o processo eleitoral

Mesa de Autoridades será formada para presidir o ato de diplomação ©TV Assembleia/Reprodução
A solenidade organizada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) que começa logo mais no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, vai confirmar a diplomação de 40 candidatos eleitos em outubro em Mato Grosso do Sul, sendo que os mais votados poderão usar da palavra. O evento reúne, além dos eleitos, autoridades e convidados.

A diplomação envolverá o governador reeleito Reinaldo Azambuja (PSDB) e seu futuro vice, Murilo Zauith (DEM); os senadores eleitos Soraya Thronicke (PSL) e Nelsinho Trad (PTB) e seus suplentes –Rodolfo Nogueira e Danny Fabrício (ambos correligionários da senadora do PSL); e José Chagas (DEM) e Terezinha Bazé (DEM), de Nelsinho; além de oito deputados federais e 24 estaduais eleitos.

Conforme a assessoria da Corte, a solenidade será aberta com apresentação do presidente do TRE, desembargador João Maria Lós, que falará sobre o trabalho da Corte e o processo eletivo, entre outros temas. Na sequência, será dada palavra para os candidatos mais votados para cada cargo –em ordem, o deputado estadual eleito Renan Contar (PSL), a deputada federal Rose Modesto (PSDB), Nelsinho e o governador Reinaldo Azambuja(PSDB).

Também estão entre os diplomados os oito deputados federais eleitos –Rose, Tereza Cristina (DEM), Beto Pereira (PSDB), Dagoberto Nogueira Filho (PDT), Fábio Trad (PSD), Loester Carlos (o Tio Trutis, PSL), Luiz Ovando (PSL) e Vander Loubet (PT)– e os 24 deputados estaduais que vão compor a Assembleia Legislativa em 2019.

Vão compor a Casa de Leis estadual Antônio Vaz (PRB), Cabo Almi (PT), Carlos Alberto David dos Santos (PSL), Eduardo Rocha (MDB), Evander Vendramini (Progressistas), Felipe Orro (PSDB), Gerson Claro (Progressistas), Herculano Borges (SD), Jamilson Name (PDT), João Henrique Catan (PR), José Carlos Barbosa (DEM), Lídio Lopes (Patriota), Londres Machado (PSD), Lucas de Lima (SD), Marçal Filho (PSDB), Márcio Fernandes (MDB), Neno Razuk (PTB), Onevan de Matos (PSDB), Paulo Corrêa (PSDB), Pedro Kemp (PT), Renan Contar, Rinaldo Modesto (PSDB), Renato Câmara (MDB) e Zé Teixeira (DEM).

Depois de concluídos os discursos, será iniciada a entrega dos diplomas. O documento contém o nome do candidato, a indicação da legenda pela qual disputou a eleição e o cargo para o qual foi eleito ou a classificação como suplente. Os suplentes poderão retirar seus diplomas diretamente na Justiça Eleitoral.

Além das autoridades envolvidas no processo, secretários de Estado –como Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Maria Cecília Amendola da Mota (Educação) e Carlos Alberto Assis (Administração), entre outros– participam do ato, assim como convidados, caso do tesoureiro do PSDB, Sérgio de Paula, e da vice-prefeita Adriane Lopes (PEN).




Fonte: campograndenews
Por: Humberto Marques e Leonardo Rocha