Marçal Filho não vai assumir mandato tampão de deputado federal - JORNAL CORREIO MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

28/12/2018

Marçal Filho não vai assumir mandato tampão de deputado federal

Legenda: Marçal Filho assumirá mandato de deputado estadual em 1º de fevereiro

O vereador e deputado estadual eleito Marçal Filho (PSDB) não irá assumir a vaga de suplência na Câmara Federal no mês de janeiro de 2019. Ele teria direito de assumir o cargo a ser deixado pelo deputado federal Geraldo Resende, do mesmo partido, que na manhã desta sexta-feira (28) foi anunciado pelo governador Reinaldo Azambuja como secretário de saúde para o segundo mandato do governador. 

Janeiro é um mês de mandatos 'relâmpagos' antes do fim da atual legislatura e por esse curto período os suplentes receberão vencimentos que podem chegar a R$ 72 mil. No entanto, o cargo de suplente permanece até 31 de janeiro, quando terão de ceder lugar aos parlamentares eleitos em outubro deste ano. 

Marçal Filho já comunicou à Mesa da Câmara dos Deputados sobre a sua decisão de não assumir a suplência. Ele considera imoral ocupar a vaga num período de recesso parlamentar do Congresso, recebendo salário e benefícios como qualquer outro parlamentar.

"Como não fiz parte do atual mandato e que em 1º de fevereiro de 2019 os eleitos em outubro assumirão seus cargos, julgo não ser digno participar de uma legislatura de transição do Congresso, não justificando e não havendo, dessa forma, necessidade da minha posse, até porque não será possível apresentar proposições de projetos em benefícios à sociedade", anunciou o deputado estadual eleito.

Marçal Filho foi diplomado deputado estadual por Mato Grosso do Sul no dia 14 de dezembro. A sessão solene de posse dos 24 deputados será realizada dia 1º de fevereiro de 2019, às 9h, no Palácio Guaicurus, sede do Legislativo Estadual. O novo ano legislativo será iniciado no dia 4 de fevereiro, com a sessão solene de abertura da 1ª Sessão Legislativa.