TRÊS LAGOAS| Dia “D” de Combate ao Aedes aegipty será na Praça Ramez Tebet, na sexta-feira (30) - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

28/11/2018

TRÊS LAGOAS| Dia “D” de Combate ao Aedes aegipty será na Praça Ramez Tebet, na sexta-feira (30)

A ação está prevista no Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde 

©DR
Para encerrar a Semana Nacional de Combate ao Aedes, que vem acontecendo em todos os municípios do País, incluindo Três Lagoas, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da equipe do Setor de Promoção da Saúde, da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, irá marcar presença na Praça Senador Ramez Tebet, no Centro, no período da manhã de sexta-feira (30).

Neste dia, denominado como “Dia ‘D’ de Combate ao Aedes”, será instalada uma tenda, nesse local, para exposição de material educativo e de divulgação das ações que os variados Setores da Vigilância em Saúde e Saneamento estão realizando no enfrentamento à Dengue, Vírus Zica, Chikungunya, Febre Amarela e outras doenças, transmitidas por este mosquito.

Além de amostras de mosquitos capturados para conhecimento e identificação do vetor dessas endemias, armadilhas e outros instrumentos usados para controle e bloqueio de infestação, a equipe estará distribuindo panfletos e folders educativos à população, alertando para a responsabilidade que todos temos nas ações de enfrentamento ao mosquito Aedes.

Nesta ação, junto com os Agentes de Endemias, estará presente o coordenador do Setor de Promoção da Saúde, Waldir José de Souza, e demais coordenadores dos vários Setores da Vigilância em Saúde e Saneamento da SMS de Três Lagoas.

“A mobilização pretende mostrar que a união entre governo e população, é a melhor forma de derrotar o mosquito, principalmente de novembro a maio, considerado o período epidêmico para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Nesse período, o calor e as chuvas são condições ideais para a sua proliferação”, comentou, nesta semana, o coordenador do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Divino Martins.


ASSECOM