Reinaldo se reúne com Bolsonaro para discutir fronteira e saúde nesta quarta-feira (14) - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

14/11/2018

Reinaldo se reúne com Bolsonaro para discutir fronteira e saúde nesta quarta-feira (14)

Encontro terá a presença de outros governadores eleitos e reeleitos este ano; cada um levará suas demandas

©ARQUIVO
O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), se reúne com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), nesta quarta-feira (dia 14), em Brasília. Segundo o governo, a pauta prioritária levada pelo Estado será pedido de reforço e prioridade na fronteira.

Outra reivindicação será o reajuste da tabela de procedimentos do SUS (Sistema Único de Saúde) às prefeituras e aos Estados e que o setor público seja desburocratizado.

O encontro está marcado para 9 horas (de Brasília) e ocorrerá no Centro Internacional de Convenções de Brasília, próximo do Centro Cultural Banco do Brasil. Este último local é onde se reúne a equipe de transição do governo eleito.

Ainda de acordo com o Governo do Estado, além das pautas específicas de Mato Grosso do Sul e das demais unidades federativas, outros temas nacionais serão discutidos.

Quanto ao pedido de desburocratização, Reinaldo citou como exemplo o Fundo Penitenciário Nacional, que tem recursos, mas não são aprovados, pois não existe equipe técnica para atender a demanda do Depen (Departamento Penitenciário Nacional).

"Também tem a criação, com recurso das loterias, do Fundo Nacional de Segurança. Lá tem recursos, mas não é repassado aos estados. Então, temos de desburocratizar, criar mecanismos legais para as pautas que são prioritárias, para avançarmos nas políticas públicas que vão ajudar os 27 estados e vão contribuir com a União".

A reunião está sendo organizada pelos governadores eleitos do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e de São Paulo, João Doria (PSDB). Segundo informações divulgadas pela Agência Brasil, até ontem, 18 dos 27 governadores reeleitos ou eleitos este ano confirmaram a ida ao encontro. Não foram citados quais.

Também devem participar Paulo Guedes, que vai assumir o Ministério da Economia, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

Azambuja está em Brasília desde ontem, quando participou de reuniões com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. Estava previsto, ainda, um encontro na ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestres) para discutir investimentos para a volta da malha ferroviária oeste e também o contrato com a CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163.

Fonte: campograndenews
Por: Mayara Bueno