“Nós vamos ter peso na história do País” - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

21/11/2018

“Nós vamos ter peso na história do País”

©DIVULGAÇÃO
Nesta quarta-feira (22), o presidente estadual do PTB e Senador eleito por Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad, concedeu uma entrevista a Rádio Hora 92 FM. Em uma de suas falas Nelsinho destacou que a vitória foi fruto de um trabalho em longo prazo.

“A partir do momento que a gente saiu da eleição de 2014, nós fizemos uma opção por caminhar com nossas pernas, entramos num partido que a vida toda abrigou meu pai, saudoso Nelson Trad, o ex-governador Pedro Pedrossian, o ex-prefeito e ex-senador Lúdio Coelho, e saí pelo Estado a fora fincando uma bandeira do PTB em todos os lugares, ou seja, consegui colocar uma marca da nossa história e da história de nosso partido em cada Município do Mato Grosso do Sul”, pontuou.

O Senador também falou sobre a renovação do Senado da República: “A urna deu esse recado, 85% de novos senadores, isso é muito forte é um recado muito grande, estou atento a esta questão e a outras questões nacionais”, disse.

Sobre o posicionamento do presidente eleito Jair Bolsonaro, em relação a sua equipe de transição, Nelsinho pontua sua postura e seriedade em cada escolha. “Nós vamos ter peso na história do País, eu observo o Plano Nacional uma tacada interessante, da administração de Bolsonaro. As escolhas estão sendo feitas conforme a necessidade de cada Ministério, priorizando o histórico curricular de cada indicado. No Ministério da Agricultura o nome da deputada Thereza Cristina já foi confirmado. Ela é Engenheira agrônoma por formação, foi diretora de entidades representativas do agronegócio sul-mato-grossense. A mesma situação ocorre no Ministério da Saúde, que será representada pelo deputado Henrique Mandetta, ele é médico formado pela Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro (RJ), fez residência no serviço de Ortopedia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), fez uma especialização em ortopedia infantil em Atlanta (EUA), trabalhou durante um ano como médico do Exército, no posto de tenente, entre tantas outras coisas”, explica Nelsinho.

Para o Senador eleito a forma suprapartidária conduzida por Bolsonaro esta agradando a todos. “Com isso a gente observa uma tacada de mestre, sai da composição tradicional, partidária e acaba angariando apoio forte estrutural da base, diante mão os escolhidos são capacitados, vindo a desenvolver um excelente trabalho no País, estou feliz, pelas escolhas”, finaliza.


ASSECOM