CNI e Sebrae prorrogam as inscrições do Prêmio Nacional de Inovação - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

22/11/2018

CNI e Sebrae prorrogam as inscrições do Prêmio Nacional de Inovação

Premiação reconhece melhores práticas de inovação em empresas de todos os portes. Interessados poderão inscrever projetos até o dia 14 de dezembro


A Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) prorrogaram as inscrições do Prêmio Nacional de Inovação – Edição 2018/2019. Empresas de todos os portes podem se candidatar com projetos, produtos e processos inovadores no site do Prêmio (www.premiodeinovacao.com.br) até 14 de dezembro de 2018.

Os vencedores serão anunciados no dia 10 de junho de 2019. A premiação inclui participação em imersão internacional em ecossistemas de inovação e até R$ 150 mil por categoria pré-aprovados em editais de fomento à inovação, como o Edital de Inovação para a Indústria. A edição passada teve número recorde de inscritos: 3.987 empresas.

Nesta edição, há novidades no regulamento, com três modalidades: pequenos negócios, médias e grandes empresas. A premiação se dará nas categorias Gestão da Inovação e Inovação, sendo que esta tem quatro subcategorias: produto, processo, organizacional e marketing. Outra novidade desta edição será o reconhecimento a práticas inovadoras em saúde e segurança no trabalho.

Não é necessário inscrever um projeto específico de inovação para cada categoria. Com a nova metodologia, a empresa se inscreve uma única vez e é avaliada como um todo, podendo ser selecionada em mais de uma categoria ou subcategoria. No entanto, é preciso que as inovações desenvolvidas tenham acontecido, no máximo, nos últimos dois anos e estejam implantadas no momento da inscrição.

O Prêmio Nacional de Inovação é voltado para a indústria, com exceção dos pequenos negócios, que podem ser do setor industrial, de comércio, de serviço ou agronegócio. Conheça mais sobre as categorias do Prêmio Nacional de Inovação:

GESTÃO DA INOVAÇÃO: reconhece as organizações que criam um ambiente favorável à inovação por meio da implementação de processos, métodos, técnicas e ferramentas de geração da inovação.

INOVAÇÃO: reconhece as inovações que contribuíram para o aumento de competitividade da empresa. Divide-se em quatro subcategorias: inovação de produto, bens ou serviços; inovação em processos; inovação organizacional e inovação em marketing.

Apoiadores

O Prêmio Nacional de Inovação foi criado pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e é realizado pela CNI e o Sebrae, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Movimento Brasil Competitivo (MBC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq), Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&Consecti) e Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

ASSECOM