Vistoria Cautelar garante a procedência do carro - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

08/11/2018

Vistoria Cautelar garante a procedência do carro

Documento deve ser observado na hora de comprar um seminovo

©DIVULGAÇÃO 
Vai comprar carro seminovo e quer segurança para fazer um bom negócio? Uma garantia é a Vistoria Cautelar, serviço oferecido pelas empresas de vistorias aqui em MS e que garante a procedência do automóvel. 

Com a proximidade do final de ano e possibilidade de troca de carro, esse documento pode ajudar a certificar um carro em bom uso e também servir de alerta para aqueles que estiverem em situação mais precária. A Vistoria Cautelar evita, ainda, que o comprador tenha problemas que vão desde prejuízos financeiros, ser responsabilizado por algo ilegal que o veículo tenha se envolvido ou até responder criminalmente a processos, como o de receptação, caso o veículo seja um produto de furto ou roubo.


A vistoria cautelar é prevista por Lei Federal 13.111, que obriga as empresas a oferecerem o laudo. Por segurança, a Associação das Empresas de Vistoria de MS (ASSOVIS) recomenda que esse documento também faça parte da rotina de venda entre pessoas físicas.

A vistoria cautelar inclui a observância da estrutura veicular. Itens como a longarina (perfil de aço responsável pela resistência estrutural de um carro), travessas centrais, colunas inferiores, tonalidade e espessura da pintura, que permite saber se a lataria recebeu aplicação de massa, por exemplo, são analisados.

Segundo o presidente da ASSOVIS, José Ruy Coutinho, a análise inclui um aparelho que realiza um “raio x minucioso” por toda extensão do carro. “Ele capta se há solda, retoque na pintura, confere o número do chassi, do vidro e outros itens que podem alterar a originalidade do veículo. Ao final, temos um ´mapa´de todo carro”. 

Finalizada essa etapa, é a vida documental do veículo que é checada desde que ele sai da concessionária. “Por meio de um banco de dados, conseguimos saber se o veículo passou por leilão, por sinistro ou mesmo se tem alguma restrição judicial e/ou financeira.

Ruy adverte que várias concessionárias e seguradoras fazem o uso desse tipo de vistoria. “Algumas seguradoras não fecham negócio caso o carro tenha alterações e/ou restrições importantes. Então, antes de adquirir o novo bem, é fundamental se garantir de futuros problemas”.

A vistoria cautelar só pode ser feita por um vistoriador que participou de curso especial, o de perito. O presidente da Assovis explica que o profissional precisa fazer um curso que ainda não é oferecido em MS e que o credencia para esse tipo de serviço nas empresas de vistorias. “Saber se sua empresa de vistoria está habilitada para esse atendimento também é importante e garante um serviço de qualidade”.

Serviço


©DIVULGAÇÃO

Fonte: Infinito Comunicação Assessoria