JBS publica relatório que comprova boas práticas na compra de gado do Bioma Amazônia - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

07/11/2018

JBS publica relatório que comprova boas práticas na compra de gado do Bioma Amazônia

Companhia atingiu 99,99% de conformidade socioambiental, seu melhor indicador desde que passou a auditar as aquisições de gado de fornecedores da Amazônia, no ano de 2014, em atendimento ao Compromisso Público da Pecuária

©DIVULGAÇÃO
A JBS divulga hoje (07) seu novo relatório anual de auditoria independente que atesta que, em 2017, 99,99% de suas compras de gado realizadas de fazendas localizadas no Bioma Amazônia foram realizadas de acordo com o Compromisso Público da Pecuária e a sua Política de Compra Responsável de Matéria-Prima.

O resultado ficou acima do último relatório, de 2016, quando a empresa alcançou 99,97% de conformidade. Os dados foram avaliados pela empresa de auditoria independente DNV GL, reconhecida mundialmente por trabalhos de auditoria socioambiental.

Entre os critérios definidos pelo Compromisso Público da Pecuária estão a não aquisição de animais de fazendas com desmatamento, que possuam áreas embargadas pelo Ibama, que utilizem áreas protegidas – como terras indígenas ou unidade de conservação ambiental – para criação de gado ou, ainda, que tenham casos de utilização de mão de obra análoga à escrava.

A DNV GL analisou mais de 9,9 mil operações de compra de gado realizadas ao longo do ano passado pelas 21 unidades da Companhia que operam no Bioma Amazônia.

Para garantir que a compra de matéria-prima atenda aos critérios socioambientais estabelecidos, a empresa possui um sistema de monitoramento que verifica as condições das fazendas de todos os seus fornecedores de gado. O sistema utiliza imagens de satélite, dados georreferenciados das fazendas e informações de órgãos de governo como base para a análise diária de mais de 80 mil fornecedores de gado no Brasil – mais de 49 mil estão na região amazônica. O sistema de monitoramento da JBS realiza o mapeamento, por meio de análise de imagens de satélite, de aproximadamente 59 milhões de hectares (590 mil km²) na Amazônia, área que abrange mais de 400 municípios.

“Nosso compromisso é com a evolução contínua do controle e monitoramento da cadeia de fornecimento, de forma a manter relações comerciais somente com produtores que atuam de acordo com as nossas diretrizes de sustentabilidade e normas éticas. A Companhia também adota rígidos controles e auditorias permanentes a fim de assegurar, de forma transparente, que a procedência da carne seja de fazendas com atuação regular, tanto no âmbito ambiental, como no trabalhista”, afirma Márcio Nappo, diretor de Sustentabilidade da JBS.

Além disso, a JBS entende que é necessário que mais frigoríficos utilizem critérios socioambientais para a compra de matéria-prima e façam parte de acordos e compromissos voltados para esse fim. “A adesão de novos membros ao Compromisso Público da Pecuária seria de grande importância para reforçar o acordo e torná-lo padrão para a produção responsável de carne bovina no Brasil”, finaliza o executivo.

Para acessar o relatório de auditoria da JBS na íntegra, clique aqui.

Sobre a JBS

A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 230 mil colaboradores, em mais de 15 países. A Companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras, que atendem 350 mil clientes de mais de 150 nacionalidades em todo o mundo. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes. A JBS adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos, além de conduzir suas operações com foco na alta qualidade e na segurança dos alimentos. As melhores práticas de bem-estar animal guardam estreita relação com o sucesso das operações da JBS, que trata o tema com extremo rigor e tem investido cada vez mais no aprimoramento de ações nessa área.

ASSECOM