TRE sorteia urnas que serão auditadas em durante a votação neste domingo - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

06/10/2018

TRE sorteia urnas que serão auditadas em durante a votação neste domingo

No Estado, seis urnas serão selecionadas para verificação de autenticidade e funcionamento do sistema em tempo real.

©Ilustração
Acontece na manhã deste sábado (6/10), às 9h, no plenário do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, o sorteio das urnas eletrônicas que serão utilizadas na auditoria de funcionamento nas eleições de 2018. O procedimento é realizado paralelamente ao pleito, em tempo real, para verificação do funcionamento, autenticidade e integridade dos sistemas.

Ao todo, serão sorteadas 6 urnas no estado: 3 para auditoria de funcionamento em condições normais de uso, a chamada votação paralela, e outras 3 para a auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas.

O processo consiste na retirada das urnas do local de votação, sendo substituídas por outros equipamentos, que são carregados com os dados oficiais das urnas sorteadas.

Funcionamento

As cédulas preenchidas previamente pelos partidos políticos e estudantes são digitalizadas em um sistema auxiliar e, depois, esses votos são digitados na urna eletrônica. A partir daí, é feita a comparação do resultado da votação no sistema paralelo com o resultado registrado no boletim de urna.

O objetivo é mostrar que a soma de votos dos candidatos encontradas na urna eletrônica corresponde ao resultado esperado.

A auditoria em tempo real será realizada em urnas de Campo Grande, na própria seção eleitoral. Antes da impressão da zerésima, é feito o procedimento para verificar a integridade dos sistemas instalados e então a urna é liberada para votação.

O procedimento ocorre neste domingo (7), no horário oficial da votação, e é todo filmado. A votação paralela tem acompanhamento de representantes de partidos políticos, da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), MPE (Ministério Público Estadual) e também de um empresa de auditoria externa.

O TRE-MS terá suporte da Polícia Militar, no transporte com helicóptero, da urna do interior do Estado que será sorteada, para a Capital.

Por: Anahi Gurgel