ELEIÇÕES 2018| 1.877.982 eleitores estão aptos para ir às urnas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

07/10/2018

ELEIÇÕES 2018| 1.877.982 eleitores estão aptos para ir às urnas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul

Pela primeira vez neste ano, os 591.374 votantes de Campo Grande serão identificados pela impressão digital

©Divulgação
Chegou o dia. Depois da mais curta campanha eleitoral, que durou 52 dias, neste domingo (7), 1.877.982 eleitores estão aptos para ir às urnas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. As 6.848 seções eleitorais abrem às 8h e a votação vai até às 17h. Antes mesmo de abrirem, já havia gente na fila nesta manhã.

Pela primeira vez neste ano, os 591.374 votantes de Campo Grande serão identificados pela impressão digital. A identificação biométrica, contudo, funciona em 10 cidades do Estado, que concentram 1.016.971 eleitores (54,15% do eleitorado).

Ordem de votação 

Neste 1º turno, o eleitor vai votar em seis candidatos – presidente, senadores (2), deputado federal e deputado estadual.

Os cargas em disputa atraíram 355 candidatos a deputado estadual, 130 para deputado federal, 13 ao Senado e seis chapas para o Governo do Estado.

De acordo com o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul, além da biometria, a eleição deste ano terá outras novidades em relação a última eleição geral.

Dentre as mudanças, está a nova ordem de votação. Diferentemente de 2014, neste ano, o primeiro voto a ser digitado na urna será para deputado federal (4 dígitos). Em seguida, deverá ser feita a escolha do deputado estadual (5 dígitos), dos dois senadores (3 dígitos cada), do governador (2 dígitos) e do presidente da República (2 dígitos).

Resultado 

A apuração de votos começa logo após o fechamento das sessões e tem previsão para terminar de no máximo às 20h, segundo informou o desembargador João Maria Lós, vice-presidente do TRE-MS na sexta-feira (5).

Neste domingo, o eleitor já saberá com ficou a composição da Assembleia Legislativa e a bancada de Mato Grosso do Sul. Já a decisão sobre quem governará o Estado e o país pode ser que fique para o 2º turno, no dia 28 de outubro.

Fonte: campograndenews
Por: Anahi Zurutuza