Reinaldo recebe Carta de Propostas e reafirma compromisso com as mulheres - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

21/09/2018

Reinaldo recebe Carta de Propostas e reafirma compromisso com as mulheres

©Divulgação
Único candidato a ter em seu plano de Governo um capítulo exclusivo para as mulheres, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) recebeu na quinta-feira (20), no Comitê Central, em Campo Grande, uma Carta de Propostas com sugestões das representantes dos 14 partidos aliados para a gestão de políticas de gênero.

O evento Encontro com as Mulheres contou com a participação de representantes do setor dos partidos PSDB, DEM, PTB, PSD, Progressistas, PSB, Avante, Patriota, PMN, PMB, Pros, Solidariedade, PPS e PSL.

Ao lado da mãe e da primeira-dama, respectivamente, Dona Zuzu e Fátima, Reinaldo reafirmou compromissos de promover igualdade, ampliação de direitos, proteção e fortalecimento do trabalho da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. “É obrigação nossa banir a violência contra as mulheres”, disse.

Em seu Plano de Governo, registrado na Justiça Eleitoral, Reinaldo declarou que irá assegurar a autonomia das mulheres, garantir a participação popular e o controle social na formulação, implementação, acompanhamento e avaliação das políticas públicas e implementar programas de formação e capacitação permanente de servidores públicos em gênero, raça e etnia.

A subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja Rocca, destacou o trabalho de Reinaldo para valorizar o segmento. “Somos a maioria da população no Brasil e em Mato Grosso do Sul. Reinaldo sempre foi muito sensível às pautas específicas das mulheres e criou uma subsecretaria específica para tratar do assunto, conferindo maior autonomia política e administrativa, visibilidade e espaço”, disse.

Sob o comando de Reinaldo, o Governo de Mato Grosso do Sul conseguiu avançar em pautas importantes na defesa dos direitos das mulheres. O Estado conta com uma rede de 12 delegacias de atendimento a mulher, na Capital e no interior. Profissionais de segurança e de saúde que atuam com as mulheres vítimas de violência são constantemente capacitados para a prestação de um serviço humanizado.

Campanhas educativas permanentes também são realizadas em todos os municípios com palestras, debates e panfletagem para discutir a violência doméstica e divulgar a lei de proteção às mulheres. Outra iniciativa que surgiu nesta gestão foi a Sala Lilás, anexa ao Instituto Médico Odontológico Legal (Imol) para dar atendimento exclusivo e acolhedor às vítimas de violência física e sexual.

E um dos primeiros atos do governador Reinaldo Azambuja, logo em janeiro de 2015, foi o funcionamento da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), na Casa da Mulher Brasileira, em regime de plantão 24 horas, incluindo fins de semana e feriados.

ASSECOM