TRÊS LAGOAS| Alunos do Ensino Fundamental do município participam do Programa de Avaliação da REME - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

16/08/2018

TRÊS LAGOAS| Alunos do Ensino Fundamental do município participam do Programa de Avaliação da REME

PROARE tem como objetivo diagnosticar a aprendizagem dos estudantes para que as ações pedagógicas sejam mais assertivas 

Divulgação
A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC), em parceria com o Centro de Avaliação de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd), iniciou nesta quarta-feira (15) e hoje – quinta-feira (16), a Aplicação do Programa de Avaliação da REME (PROARE) em todos os alunos matriculados do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino (REME).

Segundo a Diretora Educacional e Pedagógica, Angela Maria Brito, “o objetivo do PROARE é diagnosticar a aprendizagem dos estudantes para que as ações pedagógicas sejam mais assertivas. Com os resultados obtidos a SEMEC também poderá planejar os projetos e ações para 2019”, explicou a diretora.

Isabel de Lourdes Borges, diretora do Departamento Pedagógico de Três Lagoas, explicou ainda que as avaliações ocorrerão a cada dois anos, em razão da Prova Brasil ser aplicada em 2019. “Optamos por neste ano avaliarmos os estudantes do Ensino Fundamental nos componentes Língua Portuguesa e Matemática e já definimos que estas avaliações acontecerão sempre nos anos pares”, informou.
Divulgação
Com relação à expectativa dos alunos, Isabel disse que “todos estão muito empolgados e praticamente 100% dos pais dos estudantes aderiram à avaliação. Os pais abraçaram a causa e estamos muito felizes com o resultado”, comemorou.

PROARE

Segundo Angela, a criação do PROARE é uma marca importante para a história da educação da REME. “Gostaríamos de conclamar a todos os educadores, sobretudo os gestores administrativos e pedagógicos, e professores, para juntos cumprirmos essa nobre tarefa de melhorar a qualidade do ensino que oferecemos e elevar o número de estudantes nos níveis desejáveis de empenho, em todos os Componentes Curriculares da etapa a ser avaliada”, disse.

Isabel informou ainda que o Instituto CAED, da Universidade Federal de Juiz de Fora, fará em outubro a devolutiva dos resultados numa formação aos diretores e coordenadores pedagógicos e técnicos da SEMEC de como utilizar os resultados das avaliações em benefício da aprendizagem de todos os alunos.

“O CAED elaborou as provas e deu orientações de como as aplicaríamos. A análise do resultado será repassada pela equipe já nos orientando como trabalhar os pontos fracos”, explicou.

PROGRAMAÇÃO

Serão dois dias de avaliação com a participação de cerca de oito mil alunos.

Nesta quarta, foram aplicadas as avaliações de Língua Portuguesa e Matemática para os alunos do 5º ao 9º ano e somente Língua Portuguesa para os estudantes de 1º ao 4º, cujos mesmos realizam a avaliação de matemática nesta quinta.

APLICAÇÃO DA AVALIAÇÃO

Os professores da escola avaliada deverão, preferencialmente, ter carga horária de 40 horas e conhecimento básico em informática. Os profissionais do 1º ao 5º não poderão ser os professores das turmas avaliadas e das demais séries também não poderão ser os professores das disciplinas.

ASSECOM