TRÊS LAGOAS| Hepatites virais é tema de palestra promovida pela Câmara Municipal - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

26/07/2018

TRÊS LAGOAS| Hepatites virais é tema de palestra promovida pela Câmara Municipal

Palestra será dia 27, às 19h e será oferecido certificado aos participantes


A Câmara Municipal de Três Lagoas promove palestra, nesta sexta-feira (27), com o tema “Hepatites Virais: Silenciosas e Perigosas”, com a enfermeira doutora Clarice Souza Pinto.
O evento faz parte da Semana Municipal da Luta Contra as Hepatites Virais e tem o objetivo de alertar a população para a crescente incidência, assim como para reconhecer indícios e buscar diagnóstico precoce, visando prevenção, ou melhor tratamento, no caso de haver a infecção viral.

A palestra é aberta à comunidade e será fornecido certificado de participação. O evento, será realizado às 19h, no plenário da Câmara Municipal.

O que são hepatites

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura (cor de café) e fezes claras e esbranquiçadas.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer.

A palestrante

A doutora Clarice Souza Pinto é graduada em Enfermagem pela PUC do Paraná, especialista em Saúde Pública pela ENSP, mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias e doutora em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela UFMS.

Clarice atua principalmente na área de vigilância epidemiológica e gerenciamento de programas de saúde na Secretaria de Estado de Mato Grosso do Sul, dentre os quais, os programas IST/Aids e Hepatites Virais.

ASSECOM