Energisa apoia arte e a cultura no Festival de Inverno de Bonito - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

25/07/2018

Energisa apoia arte e a cultura no Festival de Inverno de Bonito


A Energisa patrocina, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), a 19ª edição do Festival de Inverno de Bonito, que acontece entre os dias 26 e 29 de julho no principal destino de ecoturismo do país, distante 297km da Capital.

A concessionária apoia iniciativas que promovam a cultura, aliada à identidade das localidades onde atua, tornando o desenvolvimento humano e social uma realidade.

Investir em práticas de responsabilidade social voltadas ao meio ambiente é uma das preocupações da empresa. Para incentivar a população a consumir menos energia e ser mais eficiente, a distribuidora irá sortear lâmpadas de led no evento.

Durante os quatro dias de Festival, a Energisa apresenta para os visitantes, ações voltadas ao uso seguro e eficiente da energia elétrica, por meio da Unidade Móvel Nossa Energia, teatros educativos e outras atividades interativas de conscientização da sociedade. A programação engloba ainda, iniciativas de fomento à cultura regional, atrações musicais (nacionais e locais), teatro, dança, mostra de filmes, palestras e seminários, promovidos pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

"A Energisa apoia ações de reforço e estímulo à arte e cultura regional. Somente no ano passado, o Espaço Energia, um espaço educativo que temos em Campo Grande, expôs, gratuitamente, o trabalho de 28 artistas locais. Apoiamos o documentário Canta Dores do Pantanal, sobre os 50 anos do Grupo Acaba, vídeo que também será exibido nesta edição. O Festival de Inverno de Bonito e suas diversas manifestações culturais reforça nosso respeito ao povo sul-mato-grossense", destaca o diretor Presidente da EMS, Marcelo Vinhaes.

Para o diretor-técnico da distribuidora, Paulo Roberto dos Santos, “investir em cultura é potencializar as habilidades e competências de cada um em busca de um mundo melhor, menos desigual. Temos orgulho em cumprir com a nossa responsabilidade social”, disse. 

ASSECOM