Debatendo igualdade racial, rapper realiza palestras em Escolas Estaduais de Campo Grande - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

12/07/2018

Debatendo igualdade racial, rapper realiza palestras em Escolas Estaduais de Campo Grande

©Divulgação
Abordando com estudantes temas sobre conscientização, educação e igualdade social, o rapper carioca e gari Jota Junior dá continuidade nesta quinta-feira (12) as visitas em escolas estaduais de Campo Grande. A iniciativa da Águas Guariroba e Aegea, promove o 1º Prêmio Respeito Dá o Tom, direcionado a estudantes do ensino médio, que premiará trabalhos que aborda a temática da igualdade racial. Nesta quinta de manhã, Jota Jr. Participa de uma roda de conversa com alunos da Escola Estadual Maria de Lourdes Toledo Areias, às 13h visita a Escola Estadual Emídio Campos Widal e às 18h30 fala com alunos da Escola Estadual Zumbi dos Palmares.
©Divulgação
Pela primeira vez em Campo Grande, o rapper também conversou ontem com alunos de escolas estaduais em um evento realizado no Teatro Dom Bosco. Para Jota Junior o objetivo é ter uma roda de conversa com os alunos, discutindo temas importantes que acrescentem na formação social. “Esta geração é o futuro do nosso país e é determinante que questões como educação e igualdade social façam parte desse crescimento. Hoje, discutir igualdade racial é um ponto determinante para o Brasil e levar esse tema para as escolas é o ponto inicial para a mudança e enfrentamento ao racismo”, destacou Jota.

Aluna do 3º ano da Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, em Campo Grande, Calinda Souza Ramos Macedo destacou a importância do debate sobre questões sociais abordando bullying, educação e racismo para a conscientização sobre sociedade. “A iniciativa do Jota Jr. é um propósito muito bom para ajudar todos aqueles que sofrem com o preconceito. É importante que um trabalho desse tipo seja continuo, principalmente por bater na tecla do bullying, cyberbullying e racismo”, disse a estudante.
©Divulgação
Ainda ontem, o rapper também participou de uma roda de conversa com trabalhadores da Águas Guariroba na sede da concessionária, debatendo sobre questões raciais dentro do programa Respeito dá o Tom.

Na sexta-feira (13), Jota Jr conversa com alunos da Escola Estadual Joaquim Murtinho, à partir do meio-dia, onde participa da ação “JM Arte e Cultura – Escola Vive”.

Prêmio

O 1º Prêmio Respeito dá o Tom tem como objetivo estimular as práticas de ações no campo da promoção da igualdade racial, superação do racismo e da discriminação étnica. Os trabalhos poderão ser inscritos até o dia 10 de agosto através deste link. Serão selecionadas as três melhores propostas de trabalhos nas categorias: vídeo, projeto de pesquisa e artes plásticas. Os três primeiros colocados de cada categoria serão premiados, sendo o primeiro lugar com R$ 7 mil, o segundo R$ 3 mil e o terceiro lugar R$ 2 mil.

ASSECOM