Bolsa sobe quase 2% e dólar cai com fala de presidente do BC dos EUA - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

17/07/2018

Bolsa sobe quase 2% e dólar cai com fala de presidente do BC dos EUA

Moeda americana fechou abaixo de R$ 3,85 pela primeira vez em uma semana

©DR
A Bolsa brasileira avançou quase 2% nesta terça-feira (17) e retornou ao patamar do começo de junho, em mais um dia de algum otimismo nos mercados de risco. O dólar recuou.

Sem notícias de peso sobre o cenário eleitoral e com o Congresso em recesso, investidores se voltam ao cenário externo. Nesta terça, o presidente do Fed (Federal Reserve, o banco central americano), Jerome Powell, disse que neste momento a autoridade monetária acredita que o melhor caminho é manter aumentos graduais nos juros.

O cenário desenhado por Powell foi visto como favorável no mercado.

O Ibovespa, principal índice acionário do mercado brasileiro, subiu 1,93%, a 78.130 pontos. No exterior, as principais Bolsas americanas e europeias também avançaram.

A Bolsa brasileira foi impulsionada pelos papéis da Petrobras, que subiram mais de 2%, e pelo desempenho positivo de ações ligadas ao setor financeiro. A temporada de divulgação de resultados se inicia nesta quarta-feira.

A equipe de análise e estratégia da XP Investimentos afirmou em relatório nesta terça-feira que, no geral, espera crescimento nos lucros em relação ao ano anterior, embora mais fraco, o que pode ser explicado pela greve dos caminhoneiros em maio.

"Essa tendência deve continuar nos próximos trimestres, mas a sustentabilidade depende do resultado das eleições", afirmaram.

Com o maior otimismo de investidores, o dólar cedeu 0,46%, a R$ 3,8460, abaixo dos R$ 3,85 pela primeira vez em uma semana. O alívio também veio da fala de Powell: a expectativa de alta acelerada de juros tende a estimular a saída de recursos de emergentes, considerados mais arriscados, para aplicações em títulos da dívida americana, considerados mais seguros. No exterior, o dólar avançou sobre 14 divisas emergentes de uma cesta de 24 delas. 

NAOM-Com informações da Folhapress.