A candidatura de Meirelles continua, diz Temer - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

26/07/2018

A candidatura de Meirelles continua, diz Temer

Presidente nega influência do governo na guinada do centrão, que negociava também com o candidato do PDT, Ciro Gomes, rumo a Alckmin

©REUTERS / Adriano Machado (Foto de arquivo)
O presidente Michel Temer afirmou nesta quinta-feira (26) que a candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) à presidência da República está mantida, mesmo após a oficialização do apoio do chamado centrão a Geraldo Alckmin (PSDB).

"A candidatura Meirelles continua. É uma candidatura pré-lançada", afirmou Temer, em entrevista após encontro bilateral com o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, no centro de convenções onde é realizada a cúpula do Brics (bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Joanesburgo.

Nesta quinta, os dirigentes dos seis partidos que compõem o centrão -DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade- se reuniram em um hotel em Brasília para confirmar o apoio a Alckmin.

Pré-candidato pelo DEM, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, desistiu oficialmente de concorrer ao Planalto para consolidar o acordo ao ex-governador de São Paulo.

Temer negou influência do governo na guinada do centrão, que negociava também com o candidato do PDT, Ciro Gomes, rumo a Alckmin.

Segundo ele, houve um entendimento de que não seria possível apoiar um candidato que "critica acidamente" o governo atual, já que os partidos do centrão formam a base de Temer.

"Não haveria condições para que eles viessem a apoiar alguém que radicalmente se opôs às teses do governo. Teses aprovadas pelo executivo, mas também pelo legislativo", comentou.

"Além de tudo, há esse crítica pessoal, que eu não quero nem comentar, porque entraria num debate improdutivo", completou. 

NAOM-Com informações da Folhapress.