Senai do Estado prepara equipes para seletivas da Olimpíada Mundial das Profissões na Rússia - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

20/06/2018

Senai do Estado prepara equipes para seletivas da Olimpíada Mundial das Profissões na Rússia

Divulgação 
Os instrutores do Senai de Mato Grosso do Sul estão preparando seis alunos para representarem o Estado em cinco seletivas brasileiras da WorldSkills 2019, uma espécie de olimpíada mundial de profissões que será realizada em Kazan, capital de Tartaristão, uma República da Rússia. As baterias de provas, que começaram em junho e vão até setembro em 26 Estados e no Distrito Federal, fazem parte da programação da Olimpíada do Conhecimento 2018.
Divulgação
Ao todo, são 342 competidores de todo o Brasil, que vão disputar vagas em 45 ocupações e, por Mato Grosso do Sul, vão os alunos Vanessa dos Santos Ribeiro, do Senai de Sidrolândia, Stephanee Meiras Silva de Melo e Victor Hugo Silva Franco, do Senai de Três Lagoas, Dyone Victorino Oliveira Vieira, da Escola Senai da Construção de Campo Grande, Daniel Silva Delicato, do Senai de Naviraí, e Vagner Rell de Oliveira Flores, do Senai de Dourados.
Divulgação
Segundo a delegada técnica da Olimpíada do Conhecimento do Senai de Mato Grosso do Sul, Maise Giacomeli, o evento é um dos maiores do mundo em educação profissional e as seletivas da WorldSkills Kazan são uma oportunidade de representatividade do Estado. “Ter um representante que demonstre os conhecimentos teóricos e práticos e as habilidades intelectuais aprendidas durante o curso é muito importante para nós. Além disso, os desafios envolvem atividades essenciais para o exercício profissional, então já é uma forma de os alunos adquirirem experiência”, afirmou.

Preparação

A aluna Vanessa dos Santos Ribeiro, do curso de costura industrial, oferecido na modalidade de aprendizagem industrial pelo Senai de Sidrolândia, irá representar Mato Grosso do Sul durante a seletiva da ocupação “Tecnologia da Moda”, que será realizada entre 15 e 20 de julho na cidade de Blumenau (SC). “Estou me preparando desde março deste ano e, por isso, estou muito ansiosa e apreensiva. Nunca participei de nenhuma competição como essa e acredito ser uma grande responsabilidade representar o Senai do Estado diante de todo o País. Por isso, estou me dedicando ao máximo durante os treinos e tenho me preparado de acordo com o conteúdo proposto, com foco em modelagem, desenho técnico e costura”, detalhou.

Para o aluno Vagner Rell de Oliveira Flores, que frequenta o curso de automação industrial, oferecido na modalidade de qualificação profissional pelo Senai de Dourados, participar da seletiva da ocupação “Controle Industrial”, que será realizada de 9 a 14 de setembro, em Campo Grande (MS), é uma oportunidade única. “Estou me preparando há cerca de três meses e tenho recebido apoio dos meus professores, então acredito que na data das provas estarei pronto para garantir uma boa colocação para Mato Grosso do Sul”, destacou.

O aluno Victor Hugo Silva Franco, do curso de manutenção industrial, oferecido na modalidade de qualificação profissional do Senai de Três Lagoas, também está ansioso para a seletiva da ocupação que leva o mesmo nome do seu curso e que será realizada de 19 a 24 de agosto em Goiânia (GO). “Comecei a me preparar na segunda quinzena de abril e espero conseguir um bom resultado para o Senai. Estou me empenhando ao máximo e fazendo tudo o que está ao meu alcance para poder representar o Brasil na Rússia ano que vem”, salientou.

Já a aluna Stephanee Meiras Silva de Melo, do curso de multiprocesso de soldagem, oferecido na modalidade de qualificação profissional do Senai de Três Lagoas, comenta que está treinando muito para a seletiva da ocupação “Soldagem”, que será entre os dias 29 de julho e 3 de agosto em Vila Velha (ES). “Pretendo representar Mato Grosso do Sul dando o meu melhor, de forma a procurar melhorias todos os dias e absorver o máximo de conhecimento possível para poder desenvolver toda a bateria de provas da seletiva e representar o Brasil na etapa mundial, que será em 2019 na Rússia”, finalizou.

Olimpíada do Conhecimento

Promovida pelo Senai a cada dois anos, a Olimpíada do Conhecimento é uma forma de estimular o interesse dos jovens pela educação profissional e apontar as tendências no mundo do trabalho. Nesta edição, o evento busca conscientizar os brasileiros da importância da formação dos profissionais responsáveis pela sociedade do futuro.

A WorldSkills, competição internacional que ocorre a cada dois anos em um país diferente, também busca valorizar as profissões técnicas em escala global. Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas -, o torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul.

Em 2017, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a delegação do Brasil obteve o segundo lugar geral. A próxima edição ocorrerá na cidade russa de Kazan, em 2019. A expectativa brasileira é estar entre os melhores times do mundo e, se possível, repetir o feito obtido em São Paulo, em 2015, quando a equipe do Brasil foi a grande campeã.

Seletivas

O formato das seletivas no Brasil permite que moradores de todos os estados visitem os locais das provas e conheçam os cursos do Senai, as profissões da indústria e as oportunidades oferecidas pela educação profissional para trabalhadores e empresas. As provas vão ocorrer em 35 cidades de todos os estados e do DF.

Neste ano, as provas terão como novidade o mesmo formato do torneio mundial. Os competidores passarão, durante quatro dias, pelas mesmas horas que serão exigidas em cada desafio na Rússia e materiais muito semelhantes aos que serão utilizados de fato no mundial. Um grupo de 333 avaliadores vai dar notas a cada um dos participantes.

Nas provas, os competidores com os melhores desempenhos receberão medalhas de ouro, prata e bronze. As provas aplicadas na competição têm como base as qualificações exigidas pelo mercado de trabalho e as atualizações tecnológicas das empresas. O desempenho dos alunos nas disputas forma um conjunto de indicadores que ajuda o Senai a avaliar a qualidade da educação profissional e atualizar os currículos das suas escolas. Com isso, a instituição mantém seus cursos sintonizados com as necessidades das empresas, facilitando o ingresso de seus alunos no mercado de trabalho.

ASSECOM