SAÚDE| Conheça quais as vacinas obrigatórias no Brasil - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

21/06/2018

SAÚDE| Conheça quais as vacinas obrigatórias no Brasil

Segundo o Ministério da Saúde, existe um investimento anual de R$ 3,9 bilhões na compra de 300 milhões de doses de vacinas contra 20 tipos de doenças

©Reuters
Você sabe quais vacinas são obrigatórias? As dúvidas sobre vacinação ainda são muito frequentes e, por isso, a Doctoralia, disponibiliza a seção “Pergunte ao especialista” que, de forma gratuita e anônima, permite a qualquer pessoa entrar na plataforma e fazer perguntas sobre saúde que serão respondidas por especialistas.

Segundo o Ministério da Saúde, existe um investimento anual de R$ 3,9 bilhões na compra de 300 milhões de doses de vacinas contra 20 tipos de doenças. Confira a lista de vacinas que fazem parte do calendário de vacinação brasileiro para que o paciente fique ciente da importância da imunização.

BCG

É uma vacina aplicada em uma única dose e protege a criança contra a tuberculose. Normalmente, é a primeira vacina que o bebê toma já nas primeiras horas de vida. Ela deve ser aplicada antes do primeiro mês de vida.

DTP e HIB

Você conhece aquelas doenças antigas que raramente acometem a população atual? Essas vacinas são a grande razão para evitá-las. Também com o nome de vacina Tetravalente, ela protege o bebê contra difteria, tétano, coqueluche e meningite.

Aplicada em três doses - aos dois, quatro e seis meses do bebê. É preciso ainda receber mais duas doses de reforço, sendo uma quando a criança completa um ano e três meses e outra aos quatro anos.

Hepatite B

No total são três doses contra Hepatite B, que são aplicadas após o nascimento, a segunda no primeiro mês do bebê e a terceira com seis meses de idade.

Pneumocócica 10

Esta vacina combate a pneumonia, a meningite e a otite. São aplicadas doses aos dois, quatro, seis e doze meses de vida.VORH

A Vacina Oral de Rotavírus Humano imuniza o bebê da diarreia provocada pelo micro-organismo conhecido por rotavírus. Aplica-se aos dois meses de idade e aos quatro meses.

VOP

A Vacina Oral Poliomielite protege a criança contra a chamada paralisia infantil e deve ser aplicada aos quatro meses de idade e aos seis meses. O reforço é necessário quando a criança atinge um ano e três meses de vida.

Meningocócica C

Contra a meningite, a primeira dose da vacina é aplicada aos três meses de vida. A segunda dose aos cinco meses e a terceira dose com um ano e três meses de idade.

Febre amarela

Apesar de agora estarmos alertas à febre amarela, os brasileiros tomam a vacina pela primeira vez aos nove meses de vida. Antes era necessário tomar a vacina de 10 em 10 anos, mas desde 11 de julho de 2016, a OMS afirmou não ser necessário novo certificado por não ser preciso tomar uma nova dose da vacina. A dose única imuniza pelo resto da vida.

SCR

Também conhecida como tríplice viral, a vacina previne contra a caxumba, rubéola e sarampo, e deve ser tomada em dois momentos: quando a criança atingir os 12 meses de idade e aos quatro anos de idade.

NAOM