Tetila, suplente de Zeca, amplia alcance do programa de Takimoto - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

22/05/2018

Tetila, suplente de Zeca, amplia alcance do programa de Takimoto

©Divulgação
Um dos líderes das intenções de voto como pré-candidato ao Senado por Mato Grosso do Sul, o deputado federal Zeca do PT confirmou o nome do ex-deputado estadual Laerte Tetila como seu suplente. 

A escolha atende apelos populares de ao menos três grandes regiões do Estado - a Grande Dourados, o Cone Sul e o Vale do Ivinhema -, que querem fortalecer sua representação congressual, além de amplificar a proposta programática de mandato do pré-candidato a deputado federal, George Takimoto (MDB), que tem o apoio de Tetila.

Ao considerar honrosa e de grande responsabilidade a indicação de seu nome, Tetila disse que aceitou o convite como uma missão, ajustada a valores programáticos e conceituais que defendeu em toda sua vida publica. "A ética, a política de defesa dos direitos fundamentais da pessoa, o desenvolvimento sustentável e o foco na saúde, na educação e no amplo acesso aos recursos técnico-científicos são condições essenciais para construção de um modelo de progresso humano. É este o pensamento que me estimula a fazer essa caminhada ao lado de Zeca e de George Takimoto", destacou.
©Divulgação
Geógrafo, professor e ativista de causas humanitárias e ambientais, Tetila iniciou sua trajetória em Dourados elegendo-se vereador em 1992. Cumpriu o mandato até 1998, quando ganhou uma das vagas de deputado estadual. Dois anos depois, no ano 2000, candidatou-se a prefeito, venceu e reelegeu-se em 2004. Os resultados que alcançou em duas administrações consecutivas o posicionaram entre os melhores gestores do interior brasileiro. Em 2010 as urnas deram a ele novamente uma das cadeiras de deputado na Assembleia Legislativa. 

VÁCUO - Um detalha singular chama a atenção para o significado da escolha de Tetila como pré-candidato a suplente de senador na chapa de Zeca do PT. Com seu apoio, a pré-candidatura de George Takimoto a deputado federal ganha um decisivo ingrediente para as expectativas de mais de 45 municípios que compõem a Grande Dourados e parte expressiva do Cone Sul e Vale do Ivinhema, que querem melhorar sua representação política e eleitoral.

Para a Grande Dourados, por exemplo, a atual representatividade congressual não dá a verdadeira dimensão econômica, política e eleitoral da região, que conta com apenas um deputado federal. É preciso preencher esse vácuo. E o nome de Takimoto traz à região a lembrança estimulante e vitoriosa do tempo em que a região chegou a eleger três dos oito deputados federais. Foi na legislatura de 1991 a 1994, quando as urnas enviaram à Câmara Federal os deputados George Takimoto, José Elias e Waldir Guerra, cujos mandatos garantiram várias conquistas que até hoje beneficiam os municípios desta vasta porção territorial de Mato Grosso do Sul.

Por: Édson Moraes