PARAÍSO DAS ÁGUAS| Prefeito participa da Marcha dos Prefeitos em Brasília e solicita recursos financeiros para execução de novas obras no município - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

25/05/2018

PARAÍSO DAS ÁGUAS| Prefeito participa da Marcha dos Prefeitos em Brasília e solicita recursos financeiros para execução de novas obras no município

©Divulgação
O Prefeito Municipal de Paraíso das Água Ivan da Cruz Pereira ( Xixi) acompanhado da primeira dama e Secretaria Municipal de Assistência Social Fabiana dos Santos Pinho participou em Brasília da Marcha dos Prefeitos 2018. A mobilização realizada anualmente desde 1998 discute questões que influenciam o dia-a-dia dos municípios e apresenta as reivindicações do movimento municipalista.

Durante sua estádia na capital federal, Ivan Xixi esteve com o ministro chefe da Secretaria de Governo de Presidência da República, Carlos Marun para solicitar que o mesmo viabilize junto ao Ministério a liberação de recursos financeiros para a construção de mais 100(cem) unidades habitacionais no município, para amenizar o acesso a habitação na cidade. Ainda com o Ministro Marun, Ivan Xixi solicitou recursos financeiros para a construção de um centro de eventos para atender as demandas festivas, culturais e sociais do município.

O Prefeito também esteve com o Ministro das Cidades Alexandre Baldy, onde pleiteou a liberação de recursos financeiros para a construção de 100(cem) unidades habitacionais no município.

Ivan Xixi também se reuniu com o senador Waldemir Moka onde requisitou obras e serviços de infraestrutura na BR-060 em Paraíso das Águas.

Ainda em Brasília, o Prefeito Ivan Xixi e a primeira dama e Secretária de Assistência Social estiverem no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação- FNDE, reunidos com o diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais, Leandro José Franco Damy, acompanhando o andamento do projeto para a construção da creche no município, cujo valor investido será de R$ 2.446.000,00(dois milhões quatrocentos e quarenta e seis mil reais).

ASSECOM