Deputado Cabo Almi faz pronunciamento em defesa dos caminhoneiros do Brasil - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

24/05/2018

Deputado Cabo Almi faz pronunciamento em defesa dos caminhoneiros do Brasil

©Divulgação
Em pronunciamento hoje 24/05, da tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Cabo Almi(PT) se solidarizou com o movimento de greve dos caminhoneiros que travam uma luta em defesa da diminuição no preço e nos impostos embutidos nos combustíveis praticados pelo atual governo do Michel Temer(MDB), que deu o golpe em nome de melhorias para o povo brasileiro. Cadê a melhora? Questionou o parlamentar. 

O movimento dos caminhoneiros é oportuno e necessário por conta dos desmandos e a falta de capacidade para gerenciar este país com seriedade. Essa causa é de todos nós, não é só dos caminhoneiros, ela tem que repercutir de forma geral para que possamos evitar o mal maior que está por vir, frutos das ações desastradas deste governo. 

Cabo Almi sugere aos proprietários de postos a não comprar combustível em apoio ao movimento nacional dos caminhoneiros, que são verdadeiros heróis da estrada, enfrentando filas para abastecer e entregar suas cargas no tempo certo. Estes caminhoneiros são explorados e na maioria das vezes deixam suas famílias em casa em estado de necessidade para cumprir sua missão, correndo todos os riscos das intempéries e da falta de segurança nas Rodovias do Brasil. 

Aqui no Estado de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja do PSDB, prometeu em campanha eleitoral que ao assumir o governo, iria baixar o valor da alíquota do ICMS para o óleo diesel. Esta é mais uma promessa que caiu no esquecimento do governo e continua penalizando os caminhoneiros que abastecem nos postos do MS. 

Finalizando, o deputado Cabo Almi disse estar muito preocupado com os rumos que estão levando o Brasil. Deram o golpe, cassaram a presidente eleita Dilma Rousseff, condenaram sem provas e prenderam o ex-presidente Lula, o melhor presidente que o Brasil já teve. Tudo isso aconteceu em nome de acabar com a corrupção e melhorar a vida do povo brasileiro, cadê a seriedade deste governo, onde está à melhora, questionou o parlamentar. 

ASSECOM