União entre Poder Público e iniciativa privada beneficia escola na capital - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/04/2018

União entre Poder Público e iniciativa privada beneficia escola na capital

©Greg Medeiros
Nesta quarta-feira (25), a Escola Estadual Professor Ulisses Serra, localizada no Núcleo Industrial, em Campo Grande, recebeu 22 aparelhos de ar-condicionado, que beneficiará os cerca de 900 estudantes. A aquisição e implantação dos aparelhos foram feitas com recursos advindos de emenda parlamentar destinada pelo deputado Prof. Rinaldo (PSDB), no valor de R$ 20 mil, e de doação da empresa ADM Exportadora e Importadora, no valor de US$ 15 mil (na época cerca de R$ 46 mil).

Para o diretor da escola, Professor Edivaldo Luís Camargo, “a climatização das salas contribuirá para elevar os índices de rendimento e aprendizagem dos alunos. Além de amenizar o calor intenso, ajudará diminuir o mau cheiro advindo das indústrias de curtume próximas da escola, fatores que interferem na concentração dos alunos”, afirmou.

De acordo com o deputado Rinaldo, “em educação a gente não gasta, a gente investe. Quando temos uma escola com salas climatizadas, você permite ao professor dar uma aula de melhor qualidade e contribui para que os alunos tenham um aprendizado ainda maior. Agradecemos a ADM por essa contrapartida social, pois além de gerar emprego e renda para nossa cidade, estão contribuindo com a educação da região”, concluiu.

A ADM do Brasil (Archer Daniels Midland) é uma empresa multinacional que chegou a Campo Grande para erguer a maior indústria de proteína texturizada de soja da América Latina, com investimento de R$ 610 milhões. A proteína texturizada é a base para produção de hambúrgueres e almôndegas de soja, por exemplo. A empresa já havia feito outra doação à escola no ano passado, financiou uma cinemateca, a iniciativa, parte do Projeto Cinemateca Escola & Vida, do Ministério da Cultura, via Lei de Incentivo à Cultura (‘Lei Rouanet’), contou com uma estrutura de projeção de filmes e uma minibiblioteca. 

Fonte: ASSECOM
Por: Ely Silveira