Odilon visita Ivinhema, Angélica e Novo Horizonte do Sul - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/04/2018

Odilon visita Ivinhema, Angélica e Novo Horizonte do Sul

Centenas de pessoas se reuniram no Salão Paroquial de Angélica para ouvir as propostas do Juiz Odilon ©Divulgação 
O pré-candidato do PDT ao governo do estado, Juiz Odilon, visitou nesta quinta-feira (26) três municípios do Vale do Ivinhema : Angélica, Novo Horizonte do Sul e Ivinhema, onde se reuniu com prefeitos e vereadores, manteve encontros com militantes do partido e conversou com a população, caminhando pelas ruas e participando de reuniões comunitárias.

“Estou me apresentando como pré-candidato ao governo e reafirmando meu compromisso de combater, com extremo rigor, a corrupção, que rouba os recursos públicos que deveriam ser destinados para investimentos em saúde, segurança e educação”, afirma Odilon. “A receptividade do povo é excelente, porque ninguém aguenta mais tanto desmando”, avalia.
Odilon se reuniu com vereadores e lideranças comunitárias na Câmara de Ivinhema ©Divulgação 
O pré-candidato começou a agenda com uma visita ao prefeito de Ivinhema, Eder França Lima, o “Tuta”. Depois, Odilon se reuniu com vereadores e militantes do PDT na Câmara Municipal e, em seguida, caminhou pelas ruas do Centro da cidade, onde várias pessoas fizeram questão de abraçá-lo e fazer “selfies”. “No momento que vivemos no Brasil, em que muitos políticos evitam circular pelas ruas porque temem a reação popular, é uma benção para a alma da gente uma recepção como essa que eu tenho por todos os lugares onde ando”, comentou o pré-candidato.
Odilon se reuniu com a equipe do prefeito Marcílio para debater as principais reivindicações de Novo Horizonte do Sul ©Divulgação  
Logo após o almoço, Odilon seguiu para Novo Horizonte do Sul, onde se reuniu com o prefeito Marcílio. Na pauta, as principais reivindicações do município. Depois, ambos foram até a zona rural, onde um processo de erosão, que começou em novembro do ano passado, provocou o surgimento de uma voçoroca que hoje tem 6 km de extensão, 65 metros de largura e 10 metros de profundidade. A erosão já destruiu trechos de três estradas vicinais e inviabilizou a produção em dezenas de pequenas propriedades da região. “O governo do estado precisa socorrer o município com urgência, porque não só a prefeitura está sofrendo, mas todas as famílias que dependem da terra para sobreviver”, observou.

No final da tarde, o pré-candidato do PDT chegou a Angélica e foi direto para o distrito de Ipezal, para um encontro com lideranças comunitárias locais. À noite, Odilon participou de uma reunião com centenas de pessoas no Salão Paroquial da cidade.

Fonte: ASSECOM