Mochi destaca a importância da entrega Bolsa-atleta e Bolsa-técnico - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

26/04/2018

Mochi destaca a importância da entrega Bolsa-atleta e Bolsa-técnico

©DR
Nesta quarta-feira (25), o deputado Junior Mochi participou da solenidade de entrega dos benefícios Bolsa-atleta e Bolsa-técnico, na sala Germano de Barros, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. Durante a cerimônia, além dos atletas, assinarem o termo de adesão, eles receberam kits da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O Governo de Mato Grosso do Sul é pioneiro ao lançar a Bolsa-técnico. Ao ampliar a lei que beneficiava somente atletas de destaque nacional e estudantil, a partir de 1º de junho de 2017, foi implementada a Bolsa-atleta Pódio, que beneficiará os atletas medalhistas nacionais e internacionais, e a Bolsa-técnico que contemplará os melhores técnicos do Estado. Ao todo serão entregues 190 bolsas, beneficiando atletas e técnicos sul-mato-grossenses.

O presidente da Casa de Leis, deputado Junior Mochi (MDB), destacou a inovação que os benefícios representam para o Estado e também para os atletas. “A alteração na Lei permite uma ampliação em relação a bolsa para os técnicos e também permite aos atletas uma complementação. Essas ampliações são uma conquista e agregam valor e contribuem para o desenvolvimento do esporte de Mato Grosso do Sul”, afirmou Mochi.

O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, esclareceu os valores das bolsas. “Os atletas das Bolsas Nacional e Pódio receberão o valor de R$ 800. A Bolsa-estudantil será de R$ 350, já a Bolsa-técnico será dividida em duas categorias o Bolsa-técnico escolar no valor de R$ 500 e a Bolsa-técnico nacional no valor de R$ 750", apresentou Miranda.

A atleta Hellen Martins de 16 anos, da modalidade atletismo, contou que poderá participar de mais competições. “Como é complicado para eu poder treinar e realizar as viagens, o dinheiro da bolsa vai ajudar bastante. E é muito válido poder ter acesso a mais competições e poder me desenvolver ainda mais”, admitiu.

Fonte: ASSECOM