Após ser “fechado” condutor roda na pista, bate em poste e tomba o carro - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

28/04/2018

Após ser “fechado” condutor roda na pista, bate em poste e tomba o carro

No entanto, apesar da versão do condutor, testemunha informa que o condutor teria perdido o controle na curva

Ao tentar desviar do córrego, condutor rodou na pista, atingiu um poste, invadiu uma calçada e bateu no portão de um comércio e tombou ©Fernando Antunes
Um Fiat Pálio tombou na Avenida Ernesto Geisel na altura do Bairro Marcos Roberto depois de o motorista, aparentemente, ser fechado por outro condutor. O trânsito ficou totalmente interditado por cerca de uma hora.

Aos Bombeiros, o condutor Pedro Paulo Gomes da Silva, de 24 anos, disse que seguia pela Ernesto Geisel, quando outro veículo - marca não identificada - o fechou na altura do cruzamento da Rua Ouro Branco.

Com a ação, o motorista tentou desviar do córrego, perdeu o controle da direção, atingiu um poste, rodou na pista, invadiu uma calçada e bateu com a traseira do veículo no portão de um comércio. Ao atingir o portão, o carro foi lançado a pista novamente e tombou.

Policiais do Batalhão de Choque que seguiam para o trabalho viram o acidente e pararam para prestar socorro. “Nós vimos que eles estavam bem e acionamos o Corpo de Bombeiros, pois eles não conseguiam sair do carro”, disse um dos militares, que preferiu não se identificar.

No entanto, apesar da versão do condutor, testemunha informa que o condutor teria perdido o controle na curva, e antes de colidir contra o poste teria batido no Guard rail. O morador, que preferiu não se identificar, culpa ondulações no asfalto e disse que já ajudou duas vítimas de acidentes. “Acho que ele ficou com medo de cair e puxou o volante. Normalmente eles caem no córrego”, disse.

Os militares do Corpo de Bombeiros precisaram do auxílio de um desencarcerador para cortar o teto do carro e socorrer as vítimas que estavam retidas. O condutor não ficou ferido, mas a passageira Bruna dos Santos Silva, de 29 anos, teve uma luxação no ombro e escoriações pelo corpo. Ambos foram encaminhados a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon.

Fonte: campograndenews
Por: Danielle Valentim e Geisy Garnes