TRÊS LAGOAS| Clínica da Mulher do município é referência na Saúde de Mato Grosso do Sul - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

14/03/2018

TRÊS LAGOAS| Clínica da Mulher do município é referência na Saúde de Mato Grosso do Sul

A referência não está apenas no número de pacientes que atende diariamente, mas pela excelência dos serviços que presta à saúde da mulher

© Divulgação 
Os números de consultas médicas e de procedimentos ambulatoriais, realizados diariamente na Clínica da Mulher, por si só, demonstram a importância desta unidade para a população local e de outros municípios que compõem a microrregião de Três Lagoas no atendimento à saúde pública, ou seja, Água Clara, Bataguassu, Brasilândia, Selvíria e Santa Rita do Pardo.

O atendimento especializado na Clínica da Mulher, unidade da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, é encaminhado pelas Unidades de Atenção Básica de Saúde e pré-agendado pela Central de Regulação, seguindo uma série de critérios que monitoram a disponibilidade de consultas, exames e outros procedimentos ambulatoriais.
© Divulgação 
Na Clínica da Mulher, o atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, das 6h às 17h, sem interrupção, realizado por uma equipe, coordenada pela assistente social, Jane Carolina Pereira Martins dos Anjos, e formada por quatro profissionais administrativos; uma dentista e duas técnicas em saúde bucal; duas técnicas em radiologia; uma enfermeira e duas técnicas em enfermagem e duas auxiliares de enfermagem; uma farmacêutica e uma atendente de farmácia.
© Divulgação 
Toda essa equipe de profissionais da saúde dá suporte ao atendimento de consultas e procedimentos ambulatoriais de cinco médicos, nas especialidades de ginecologia, ginecologia obstétrica, mastologia e radiologia. Só em fevereiro, foram realizadas 551 consultas médicas e mais de 420 procedimentos ambulatoriais.

PACIENTES DA CLÍNICA DA MULHER

Para atendimento especializado na Clínica da Mulher são encaminhadas mulheres que, nos procedimentos de Pré-Natal, iniciados nas Unidades Básicas de Saúde, apresentam sinais avaliados de gestação de alto risco.

São também mulheres, pacientes com diabetes, hipertensão e infecções sexualmente transmissíveis (IST), entre outras patologias.

Na Clínica da Mulher são realizados, também, exames de prevenção e diagnóstico do câncer de mama e encaminhamento do mastologista, se necessário, para procedimentos cirúrgicos, assim como a prevenção e diagnóstico de osteoporose óssea.

Na Clínica da Mulher que são realizados, ainda, os procedimentos de biópsia e de planejamento familiar responsável, como encaminhamento para cirurgias de laqueadura ou inserção do DIU.

DEMANDA DIÁRIA

Diariamente, são realizados 10 exames de Mamografia, cinco de Densitometria Óssea, de 35 a 40 exames de Ultrassom Obstetra e ainda 35 a 40 exames de Ultrassom Transvaginal.

“Sabemos da importância destes exames para diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças que afetam a saúde da mulher”, comentou Jane Carolina.

“Apesar da avaria do mamógrafo e do aparelho de densitometria óssea da Clínica da Mulher, ocorrida na gestão passada, a Prefeitura de Três Lagoas, na gestão atual, não interrompeu esses exames, graças à contratualização desses procedimentos junto ao Hospital Auxiliadora”, observou a coordenadora.

Como informou a coordenadora da Clínica da Mulher, esses serviços retornaram à normalidade, neste ano, a partir de meados do mês de fevereiro. “De lá para cá, estamos fazendo de tudo para diminuir essa demanda reprimida e, a partir da próxima semana, estaremos atendendo à demanda das nossas Unidades Básicas de Saúde”, anunciou. 

Em meio a esses complexos procedimentos ambulatoriais, na Clínica da Mulher é também realizado tratamento odontológico especializado para mulheres gestantes de alto risco. Por semana, são realizados em torno de 25 procedimentos de tratamento odontológico a gestantes.

OLHAR HUMANIZADO

Apesar da demanda reprimida na maioria dos procedimentos ambulatoriais, realizados na Clínica da Mulher, a equipe “procura adotar um olhar humanizado de atendimento às nossas pacientes”, comentou a coordenadora Jane Carolina.

“Posso afirmar com tranquilidade e certeza, que a nossa equipe é comprometida com a qualidade dos serviços que prestamos à nossa população”, assegurou.

Na qualidade do atendimento, que vem sendo reconhecido pela população, de modo geral, “todos procuramos avaliar o histórico e a realidade de cada paciente, ouvir o que tem a dizer e fazer de tudo para agilizar o atendimento que precisa”, ressaltou a coordenadora da Clínica da Mulher.

Fonte: ASSECOM