Comissão discute criação do Sistema Estadual de Turismo - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

01/03/2018

Comissão discute criação do Sistema Estadual de Turismo

© Divulgação
Durante reunião realizada na tarde desta quinta-feira (01/03) por proposição do deputado Paulo Corrêa, a Comissão de Turismo, Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul discutiu a proposta de criação do Sistema Estadual de Turismo, que foi apresentada pelo diretor-presidente da Fundetur (Fundação de Turismo de MS) Bruno Wendling.

O Projeto de Lei que trata do assunto, de autoria do Poder Executivo, deve ser encaminhado para a Casa de Leis em breve e o objetivo é instituir políticas públicas estaduais que resultem na integração de todas as potenciais regiões turísticas do Estado, além da implementação do Plano Estadual de Turismo, que prevê metas de curto, médio e longo prazo.

Paulo Corrêa, que é o atual presidente da Comissão, afirmou que levar a discussão para a Casa é uma forma de garantir a participação de toda a população no debate e que o projeto é um grande passo para organizar o roteiro turístico do Estado, aplicar os recursos de forma responsável e divulgar as belezas de MS a nível nacional e internacional. 

“A Fundação de Turismo, sob o comando do Bruno, vem fazendo um trabalho organizado, e propôs, com base na lei federal, criar uma lei Estadual. A Comissão de mérito para discutir essa proposta é a Comissão de Turismo, e nós estamos felizes em poder estar divulgando todo esse trabalho, que vai ajudar as pessoas a verem Mato Grosso do Sul com outros olhos. Temos que valorizar as nossas festas, a nossa cultura e em especial o turismo do nosso Estado”, completou.

Bruno Wendling destacou vários pontos importantes do projeto e solicitou o apoio da casa de leis para a provação da proposta. “O Sistema Estadual de Turismo é importante porque vai dar as diretrizes da Política Pública do Turismo no Estado de forma descentralizada. A partir da Lei Estadual, teremos garantias de que as políticas públicas que forem adotadas e funcionarem possam ter continuidade, e isso hoje é muito importante para o processo de desenvolvimento responsável do turismo do Estado”, disse.

Bruno também destacou que as atividades turísticas integram a economia do Estado e devem ser olhadas com atenção.

“A partir do momento em que temos legalidade das políticas públicas, elas não ficam sendo ação pontual de apenas uma gestão. A atividade turística é uma atividade econômica e nós não podemos ficar dependendo apenas do gestor que está à frente da pasta. Se temos essa legislação, as chances de, em médio prazo, Mato Grosso do Sul crescer com responsabilidade é muito grande e precisamos muito da Assembleia para dar continuidade a esse projeto”, finalizou.

Visit MS

Criado para divulgar as belezas de Mato Grosso do Sul e ajudar os turistas a conhecer e escolher os destinos, o Visit MS é um projeto que conta com site, material gráfico e ampla divulgação nas redes sociais. A plataforma abrange informações sobre o Estado, dicas de roteiros, eventos e muito mais. O projeto, implantado pela Fundetur, conta ainda com mapas, dicas e informações úteis.

“Em menos de um ano de trabalho já conseguimos ter uma adesão muito grande nas redes sociais. A imagem de Mato Grosso do Sul tem melhorado e estamos marcando presença em feiras e eventos de forma mais efetiva. Cerca de 80% dos turistas hoje compram os produtos pela internet. Estamos em todas as redes sociais e agora com material promocional forte”, explicou Bruno.

Quem quiser conhecer o projeto pode acessar o endereço: http://www.visitms.com.br/br.

Fonte: ASSECOM