TRÊS LAGOAS| Assistência Social do município busca e seleciona famílias acolhedoras - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

20/02/2018

TRÊS LAGOAS| Assistência Social do município busca e seleciona famílias acolhedoras

Finalidade é cadastrar e capacitar famílias para adesão ao serviço de acolhimento de crianças e adolescentes, como estabelece a Lei 3.296/2017

© Divulgação 
A Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) de Três Lagoas continua buscando e selecionando famílias para aderirem ao serviço de acolhimento familiar de crianças e adolescentes, afastados do convívio de sua família de origem em decorrência de abandono, negligência ou maus tratos por parte dos pais ou responsáveis legais.

É o denominado serviço de “Acolhimento em Família Acolhedora”, como estabelece a Lei Municipal 3.296, de 12 de julho de 2017, que “dispõe sobre o serviço que organiza o acolhimento em residências de famílias previamente cadastradas e aptas, de crianças e adolescentes, afastados da família de origem mediante medida protetiva”.

As inscrições para participar do Programa Família Acolhedora estavam previstas para serem feitas na SAS até esta terça-feira (20) e as famílias já inscritas e selecionadas deverão participar de capacitação no período de 26 a 28 deste mês.
© Divulgação 
“Este é um serviço novo de acolhimento em que a família cadastrada e devidamente habilitada recebe em seu ambiente familiar a criança ou o adolescente até que seja viabilizado o retorno à família de origem ou, na impossibilidade, o encaminhamento à adoção”, explicou a coordenadora do Programa Família Acolhedora, assistente social Gisele Dayane Milani.

“Por ser um serviço novo, ainda estamos no período de busca de famílias que se sensibilizem a participar deste serviço. Até agora já temos 16 famílias que estão passando por um processo seletivo”, informou Gisele.

“Acreditamos que aumente mais ainda esse número de famílias, já que estamos com 44 crianças em situação de acolhimento institucional e duas já acolhidas por famílias, neste novo serviço de Família Acolhedora”, completou o diretor do Departamento de Proteção Social Especial, Luiz Fernando Tondelli Fochi.

Para isso, a SAS vem intensificando a campanha para “sensibilizar mais famílias de Três Lagoas a conhecerem e participarem deste novo serviço de acolhimento de crianças e adolescentes”, comentou Gisele.

“Acolher uma criança ou adolescente sob medida de proteção no Programa Família Acolhedora é obter a guarda provisória, possibilitando um ambiente adequado ao seu desenvolvimento e isso é um gesto de amor e sensibilidade”, completou a assistente social da SAS.

“O prazo de inscrições não termina nesta terça-feira (20). Nossa equipe continua à disposição das famílias que queiram participar do Programa Família Acolhedora, para mais informações, pessoalmente ou por telefone”, informou a coordenadora.

Serviço

A sede da SAS é na Avenida Aldair Rosa de Oliveira, número 1.622, na Orla da Lagoa Maior, telefone (67) 3929-1134 ou pelo celular (67) 99286-0561. Para mais informações, a SAS também disponibiliza o e-mail familiaacolhedora@treslagoas.ms.gov.br.

Fonte: ASSECOM