Para diretor da Fiems, Jucems Digital beneficiará setor empresarial - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

19/02/2018

Para diretor da Fiems, Jucems Digital beneficiará setor empresarial

© Divulgação 
Ao participar do lançamento da Jucems Digital (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul), realizado nesta segunda-feira (19), no auditório da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), em Campo Grande (MS), o diretor da Fiems, Irineu Milanesi, destaca que o novo sistema marca uma nova era no acesso às informações disponibilizadas pela Junta.

“É um anseio que temos há muito tempo. Esse trabalho representa uma evolução e agilidade muito grandes na tramitação de documentação e irá satisfazer muito o setor contábil e empresarial, reduzindo tempo e custo. É um sistema muito bem planejado e eu acompanhei esse processo como vogal da Junta Comercial, que durou cerca de três anos, mas que era discutido há mais de dez anos”, afirmou Irineu Milanesi.

Na avaliação do governador Reinaldo Azambuja, o lançamento da Junta Digital é um facilitador, principalmente para os empresários, na agilidade de todos os serviços envolvidos pela autarquia. “No início de 2015, levava-se quase 35 dias para a abertura de uma empresa. Reduzimos isso para 17 dias e hoje, com esse sistema digital, poderemos fornecer essa abertura de empresas com três dias”, salientou.
© Divulgação 
Ele também ressalta que com a Jucems Digital não é mais necessário se deslocar à sede da autarquia. “É possível fazer isso pelas vias digitais com muita rapidez, muita modernidade, dando facilidade a todo o setor empresarial e todos aqueles que necessitam dos trabalhos da Junta em Mato Grosso do Sul. Além disso, facilitará a abertura de novas empresas no Estado”, completou.

O secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, explica que durante os próximos seis meses a Jucems realizará os processos de forma digital e analógica, enquanto serão promovidas capacitações para os contadores do todo o Estado. “Temos uma parceria com o Conselho Regional de Contabilidade e vamos em todos os municípios fazer essa capacitação, porque é fundamental que o contador entenda a forma de fazer, que tipo de documento apresentar e para que ele também tenha segurança”, detalhou.
© Divulgação 
Jaime Verruck reforça que o grande objetivo do sistema é a garantir segurança que a Junta Comercial sempre deu no processo de registro. “Então a capacitação vai ser o próximo passo para que consigamos ter apenas registros digitais de empresas em MS. A ideia de permitir maior agilidade na abertura de empresas é criar um ambiente de negócios mais favorável. Agora, o próximo passo é integrar a Junta Comercial com as prefeituras, para que inscrições municipais, inscrições estaduais e alvarás também ocorram de forma digital”, ressaltou.

Já o presidente da Jucems, Augusto Cesar Ferreira de Castro, fala que o novo sistema é um é um salto na relação com os empreendedores, porque vai encurtar os caminhos e vai reduzir o tempo de abertura de empresas. “É um grande avanço, possibilitando o acesso à Junta a todos os municípios de Mato Grosso do Sul e do Brasil. Empresas que têm filiais aqui vão poder utilizar esse serviço e empresas que estão aqui no Estado. O grande ganho é abrir as portas para todos os municípios de Mato Grosso do Sul”, finalizou.


Fonte: ASSECOM