FIGUEIRÃO| Município se destaca e sobe de categoria no Mapa do Turismo Brasileiro - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

20/02/2018

FIGUEIRÃO| Município se destaca e sobe de categoria no Mapa do Turismo Brasileiro

© Divulgação 
O crescimento econômico alavancado pelo turismo no município de Figueirão foi percebido pelo Ministério do Turismo que atualizou há alguns dias a categorização do Mapa do Turismo Brasileiro e o colocou entre os oito que se destacaram em 2017.

Balizador de políticas do setor e direcionamento de verbas federais a nova categorização, permite a administração de Figueirão, conforme portaria do MTur (39/2017), a pleitear até R$ 150 mil como forma de apoio a eventos geradores de fluxo turístico, bem como pleitear ainda recursos de infraestrutura, e em especial a tradicional Festa em louvor ao Divino Espirito Santo, que segue o calendário pentecostal da Igreja Católica, é realizada na Comunidade Santa Tereza, e este ano acontece em maio, chegando a sua 109º edição, com saída da bandeira no dia 05 e chegada em 19 de maio.

Segundo a Diretora de Turismo de Figueirão, Marinalva Paniago, o Departamento de Cultura e Turismo foi criado no inicio de 2017 pelo prefeito Rogério Rosalin, como uma missão muito bem definida, alavancar o turismo no município. Uma das primeiras ações foi o levantamento das potencialidades, com a realização de um trabalho de ‘diagnostico turístico’ – que encontra-se em fase de finalização – e em seguida a busca nas esferas estadual e federal de meios para atingir essa meta.

Para o Prefeito Rogério, a conquista é apenas um primeiro passo, dentro dos projetos que estão previstos para o setor em Figueirão. “Temos um potencial enorme, uma equipe comprometida e agora com a possibilidade de participar dos editais e captar recursos é somente uma questão de tempo para que possamos anunciar outras vezes uma mudança de categoria. Hoje somos D. Acredito que quando conseguirmos exibir toda a beleza dos nossos pontos turísticos, contando sempre, é claro, com os empresários, proprietários de hotéis e restaurantes de Figueirão, teremos ainda mais reconhecimento”, completou o Prefeito, se mostrando bastante otimista com as possibilidades de crescimento da economia, geração de novos postos de trabalho e renda para a população.

Com a mudança o Prefeito Rogério Rosalin enxerga um novo tempo para Figueirão, que poderá pleitear até 150 mil por ano para realização de eventos voltados ao setor.

Além de Figueirão, também mudaram de categoria, Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, São Gabriel do Oeste, Sonora e Vicentina. Mato Grosso do Sul também se destaca entre os estados brasileiros por não ter tido nenhum município com redução em suas categorias.


Fonte: ASSECOM